Fio a Pavio


O que é/qual é o negócio?

A FIO A PAVIO é uma marca de acessórios despretensiosos para pessoas únicas e com carisma.

 

 

De onde nasceu?

Nasceu de um período pouco feliz da minha vida, quando decidi que a paixão pela arquitectura, sou arquitecta de formação, estava a esmorecer e precisava de encontrar um rumo para o meu lado criativo

 

Missão?

Criar peças despretensiosas, honestas, feitas com as minhas mãos e a pensar em cada pessoa que me contacta. Conseguir que cada peça conte a historia de quem me procura e sempre com a premissa de “uma pessoa única exige um peça única”.

 

Financiamento?

Sou muito realista no que diz a investimentos e faço-o de forma cautelosa e pensada por conta própria. Como trabalho com peças personalizadas não faço muito stock de peças mas sim de material o que não exige muito investimento monetário mas sim pessoal.

 

Promoção?

A FIO  A PAVIO nasceu no facebook e até hoje tenho sido fiel a esta plataforma. Neste momento tenho paralelamente um blog http://fioapavioblogue.blogspot.pt/ e uma conta de instagram https://instagram.com/fioapavio/ de forma a dar a conhecer a pessoa por trás da marca e chegar a mais pessoas, nomeadamente ao mercado internacional

 

Onde esperam chegar?

Não me preocupa para onde vou mas sim como caminho diariamente. Sou muito grata a tudo o que já consegui e faço questão de agradecer a todos os que me ajudaram. O caminho faz-se caminhando mesmo que existam alguns impasses, alguns recuos ou até mesmo alguns períodos de reflexão.

 

 

Como lidaram com a incerteza inicial?

A verdade é que não tinha expectativas algumas. Comecei por fazer peças para as amigas, depois para as amigas das amigas e um dia chega alguém sem qualquer tipo de ligação afectiva que encomenda uma peça… a FIOAPAVIO começava a caminhar de forma autónoma nesse momento.

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

A sinceridade. A verdade que coloco em tudo o que faço… com tudo o que tem de bom e mau. Uma vez que sou eu a coração e as mãos da FIO A PAVIO ela ressente-se com o meu mau feitio ou os meus dias de felicidade extrema. Mas há sempre verdade e transparência no processo.

 

O que sugerem a quem começa?

Que não tenham medo de arriscar, que mergulhem com paixão nos projectos, que sejam sempre fieis a si próprios e que não se deixem deslumbrar pela facilidade. O trabalho pode demorar mas no final compensa quando é feito com alma.

 

Qual o melhor conselho profissional que já recebe

Believe in yourself… Believe (palavra que tatuei na minha pele e que funciona como uma cábula para os dias difíceis… porque também os há).

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e pagamento de impostos

Saber mais