Empreendedorismo

Flavers


A Flavers é uma mercearia de bairro especializada em sabores internacionais do mundo inteiro com milhares de marcas internacionais de referência que disponibiliza ao melhor preço. Com uma vasta oferta desde os mais famosos doces às especiarias mais difíceis de encontrar aqui terá acesso aos produtos mais exclusivos que só encontraria no estrangeiro.

 

 

O que é/qual é o negócio?

A Flavers define-se como uma mercearia internacional, onde é possível comprar produtos dos vários continentes, provocando no cliente uma sensação de viagem pelos melhores sabores internacionais e não só. Para além disso somos o sítio perfeito para as pessoas que adoram ver programas de culinária e não sabem onde encontrar “aquele” ingrediente.

Assim referindo-me a alguns dos países que temos na oferta, na loja podem encontrar desde as especiarias mais exóticas aos doces e guloseimas norte-americanos e ingleses (M&M’s de todos os sabores, incluindo menta, manteiga de amendoim ou o novo sabor a café e Coca Colas diferentes como a de baunilha ou cereja). Temos todo um mundo de bolachas, desde as sul-africanas da Bakers, às escocesas Walkers ou Borders e as inglesas McVitie’s, noodles chineses e paçoca de amendoim ou goiabada brasileira, há de tudo um pouco na Flavers.

Mas temos muito mais para oferecer. Procuramos produtos característicos dos países, como os naans da Índia, o Húmus e Raz al Hanout de Marrocos, Algas e Arroz para sushi do Japão.

A lista continua, até porque estão sempre a chegar novos produtos e porque as tendências também se alteram. Do gengibre ao genuíno caril Indiano ou Goes, das Compotas para diabéticos aos produtos Bio, até aos Congelados que também estão presentes, temos diferentes tipos de pão inglês, os deliciosos Warburtons Muffins e Crumpets, Peixe, Salsichas Inglesas e o Boerewors Sul Africano.

Aqui os clientes também se podem perder nos cereais para pequeno-almoço, seja na versão açucarada e colorida para crianças, seja na versão muesli e granola para quem se preocupa com a saúde, há de tudo um pouco.

Se forem fãs das pastas ou tacos não podem deixar de experimentar os nossos molhos para massas italianas, os tacos mexicanos e as empadas britânicas, prontas a ir ao forno, satisfazem a procura por refeições práticas, especialmente na nossa zona essencialmente residencial.

A forma como queremos dinamizar a venda dos nossos produtos é oferecendo ao cliente um espaço físico interessante, organizado e focado na origem e sabores internacionais a um preço aceitável.

 

De onde nasceu?

Sempre gostámos de doces e gastronomias diferentes ou de produtos exóticos que não se encontram com facilidade, aliás esse espírito multicultural já está enraizado em nós Portugueses desde que procurámos ir à Descoberta do Novo Mundo. Isto aliado à base de formação na área alimentar mixado com o gosto pela cozinha, fizeram-nos tomar interesse pela área. A zona da Estrela é fortemente cultural, com algum poder de compra, temos camadas jovens nas redondezas dada a proximidade com escolas, mas também um número de portugueses, ingleses e franceses residentes elevado, que já conhecem parte da oferta e se interessam pela mesma, como pelo facto de estarmos no centro de Lisboa, nos trás mais proximidade aos 4 cantos da cidade.

Para além do forte espírito bairrista e de sentirmos que havia uma lacuna por preencher para este tipo de conceito, rapidamente percebemos que tínhamos de entrar no ramo. Ainda tentámos por via do Franchise, mas sem sucesso dado que sempre fomos muito independentes e temos uma visão humilde e global para a nossa vida. Com a constante evolução das tendências gastronómicas e ao sentirmos que já fazemos parte da vida do bairro, deu-nos força para continuar a desenvolver o negócio por nós próprios e iniciar uma jornada cujo objetivo é ir ao encontro dos clientes e tudo o que os possa surpreender.

 

Missão?

Ter a melhor oferta de sabores e produtos internacionais ou nacionais, a um preço ajustado, reinventando a oferta normal e facultando uma viagem às nossas memórias.

 

 

Financiamento?

Até ao momento o financiamento foi sempre feito com capitais próprios.

 

Promoção?

A promoção que temos feito do negócio vai desde a divulgação por meio de panfletos nas áreas de proximidade, marcar presença nas redes sociais e prevemos para lançamento em breve o nosso site online com uma loja que permita divulgar mais e melhor os nossos produtos.

 

Onde esperam chegar?

Esperamos consolidar a nossa loja na zona onde estamos, bem como diversificar mais a nossa oferta, procurando acompanhar as novas tendências ao nível da alimentação e saúde com aquilo que melhor se encontra dentro e fora de portas. O ramo alimentar está permanentemente em evolução e por isso tencionamos aumentar a nossa presença em território nacional seja em número de lojas, seja em tamanho, seja reinventado o conceito. Quem sabe um dia pensemos na internacionalização do conceito levando os sabores portugueses connosco e sermos uma referência?

 

Como lidaram com a incerteza inicial?

Já conhecíamos lojas que vendiam produtos do género e sempre acreditámos muito na localização escolhida por nós. E após termos olhado para o franchise como a melhor alternativa, pois pensámos que poderia ser uma boa maneira de ultrapassar as incertezas iniciais, na verdade, hoje sentimos que o que pareceu mais certo e seguro, afinal não era e que se não nos atrasou, ajudou a criar outras incertezas. Não há nada como ser independente e ter liberdade e por isso agarrámos bem a nossa visão e enorme vontade de trabalhar e esperamos começar a colher alguns frutos!

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

Se o disséssemos aqui deixaria de ser secreto! :) Mas podemos avançar que enquanto humanos precisamos de comer, sentir prazer no que fazemos, termos saúde e sermos felizes, certamente e com a devida dose de humildade, se nos dedicar-mos a oferecer bons sabores, produtos diferenciados e com qualidade, existirá espaço para crescermos.

 

O que sugerem a quem começa?

Primeiramente, muita pesquisa. A informação é essencial. Convém que seja organizada para também não existir "desinformação" nem confusão. Claro que nem sempre é fácil colher informação e infelizmente não está sempre disponível de forma acessível. Mas essencialmente penso, que se quem começa está devidamente informado sobre o que quer fazer e como fazer, então as coisas também serão mais claras e no nosso ímpeto estaremos mais confiantes para ultrapassar a insegurança inicial.

 

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

"Aprende a escutar e a desconfiar".

Infelizmente nos negócios e nas pessoas em geral, há ainda muita falta de transparência, espírito de entreajuda e humildade.

No meu caso pessoal, apesar deste conselho me ter sido dado à muito tempo, desde quando exercia a presidência da Associação dos Estudantes na minha faculdade, nem sempre consegui ter o coração de ferro que nos leva a desconfiar das pessoas e perceber quando nos falam verdade e isso já teve algumas influências na vida.

Mas à medida que amadurecemos também nos tornamos um pouco mais racionais e menos sentimentais, mais desconfiados e especialmente quando acreditamos em nós, escutando o próximo conseguimos surpreender-nos, no que toca às capacidades de trabalho, à resolução de problemas e conflitos e muitas vezes é nesta energia que encontramos os sucessos.

Por fim não podemos deixar de agradecer à nossa família e amigos que nos têm acompanhado nesta viagem e que também fazem parte deste nosso sonho.

 

 

Mais informações na página de Facebook da Flavers.

 

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais