Mercado 48


A Mercado 48 é uma concept store dedicada ao design, oferecendo produtos ecléticos que se situam entre o vintage e o contemporâneo, numa mistura de objetos de arte e decoração, de mobiliário, de vestuário, de vinhos e produtos gourmet, de tapetes e candeeiros, de skates e até, em especial, de velocípedes. O espaço reserva ainda uma pequena área de galeria, onde apresenta exposições e fazem workshops.

 

O ambiente acolhedor complementado com decoração rústica e cuidada convida a entrar e a ficar por lá a descobrir tudo.

 

 

O que é/qual é o negócio?

O Mercado 48 é uma loja de design vintage e contemporâneo - tendencialmente português e emergente - , com espaço para workshops, eventos artísticos e galeria de arte, e com o conceito de casa como ideia subjacente. Um sítio onde as pessoas se sintam bem e queiram permanecer algum tempo, conversando e absorvendo a multiplicidade de ofertas.

 

Financiamento?

Totalmente autofinanciado.

 

Promoção?

A promoção tem sido feita através das redes sociais, dos media, promoção de eventos, aposta em mapas turísticos que se enquadrem no nosso conceito e colaboração com outros negócios.

 

Onde esperam chegar?

O Mercado 48 pretende desde o início tornar-se numa loja de referência no Porto, um local a visitar não só pela originalidade da oferta, mas pelo conceito em si, de um espaço orgânico em constante mutação, sem nunca perder a identidade.

 

Como lidaram com a incerteza inicial?

Com otimismo. Nunca deixamos de acreditar na nossa ideia de loja pois era algo que sentíamos como um sítio que nós próprios gostaríamos de frequentar e que, de algum modo, fazia falta na cidade.

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

A originalidade da oferta e a empatia/cumplicidade cultivada com todos os clientes e fornecedores.

 

 

O que sugerem a quem começa?

Muita perseverança, dinamismo e espírito de sacrifício no alcance dos objetivos definidos. 

Não se pode esperar que um negócio seja à partida um sucesso imediato, deve crescer de forma sustentada e gradual durante os primeiros dois anos. Nunca desanimar com as inevitáveis inseguranças provocadas pelos altos e baixos iniciais que podem levar a mudanças radicais mal pensadas, causando mais danos que benefícios. 

Existem sempre pormenores que podem ser corrigidos, mas há que manter a visão clara do que se pretende alcançar e trabalhar pacientemente em todos os detalhes para que, a longo prazo, tudo se conjugue.

 

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

Os negócios são as pessoas.

 

 

Mais informações na página de Facebook da Mercado 48.

 

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais