Nonius


A Nonius é uma empresa de base tecnológica com sede em Portugal que começou por fabricar um produto de gestão de redes wi-fi mas agora é a empresa no mundo com a mais vasta oferta de produtos e serviços tecnológicos para hotelaria.



O que é/qual é o negócio?

Fornecemos produtos e serviços de in-room entertainment e comunicações baseada em tecnologia de Internet, voz, sinalética digital, gestão de conteúdos e, mais recentemente, solução de aplicações mobile.


A Nonius apresenta resultados positivos desde a sua criação, sendo inclusivamente reconhecida, desde 2008, como PME Líder, estatuto este renovado e aumentado para PME Excelência no último exercício pela sua performance financeira.


A Nonius possui atualmente mais de 100 funcionários em 6 subsidiárias - Portugal, Brasil, Espanha, Holanda, México e USA, que operam com coordenação central da sede em Portugal, onde igualmente concentra o departamento de investigação e desenvolvimento e os serviços partilhados do grupo. Servimos neste momento cerca de 230.000 quartos em 52 países de quatro continentes.


De onde nasceu?

A Nonius foi constituída em 2005 após os seus fundadores terem sido vencedores do "Concurso de Ideias" de 2004 da Agência de Inovação para o desenvolvimento do "WireslessGEST", uma plataforma de gestão acesso à Internet através de redes wireless.


Missão?

Somos uma empresa de tecnologia e centramos os nosso esforços na criação de valor para o mercado hoteleiro, com soluções inovadoras, tecnologicamente avançadas, e que visam simplificar, enaltecer e melhorar a experiência ao hóspede.


Ambicionamos ser uma empresa de tecnologia líder no mundo, desenvolvendo produtos e serviços próprios, oferecendo experiências memoráveis para todos os utilizadores dos nossos produtos, construindo carreiras gratificantes para as nossas pessoas, oferecendo um retorno justo a quem investe em nós e mantendo sempre a ética e valores fundamentais de integridade, honestidade e justiça.


Financiamento?

A Nonius contou com investimento de capital de risco desde a sua fundação, ocorrido em sucessivos rounds, com investimento da Beta Capital em 2005, PME Investimentos pelo FSCR-IAPMEI em 2007, Caixa Capital (CGD) em 2011 e Impresa SGPS em 2012. Em 2015, os fundadores recompram as participações, gerando mais-valias significativas sobre o capital investido para os investidores. Atualmente, a Nonius é detida pelos sócios fundadores Eng. António Silva e Eng. Leonel Domingues sendo as restantes participações minoritárias de quadros diretivos.


Atualmente, financiamos a empresa e os clientes com capital próprio e temos bons parceiros na banca, realçando como principal parceiro o Novobanco. Durante a história da Nonius tivemos vários investidores que nos confiaram o seu capital e orgulhamo-nos de a todos termos dado elevado retorno.


Estamos gratos aos investidores, especialmente os iniciais - Beta Capital, PME Investimentos, Caixa Capital e Impresa, pelo apoio inicial e por nos disponibilizar os recursos que nos permitem ter alcançar uma presença global.


Promoção?

A Nonius é membro da associação internacional hoteleira HTNG - Hotel Technology Next Generation e participa ativamente neste e outros eventos internacionais sobre tecnologia para hotelaria procurando, por estas vias, ter acesso a novas competências, exigências e novidades no mercado global.


Neste mercado (o vertical de hotelaria) é necessário trabalhar em vários pontos da cadeia de decisão e investir constantemente em eventos de marketing e promoção em vários canais.


Mais em concreto, ano passado (2017), participamos em: CES, ISE, BTL, HTNG, HITEC, IHTF, HostelCuba, Exphotel, FIC, entre outros eventos.


Onde esperam chegar?

Estamos actualmente no top 10 de empresas mundiais nesta área e almejamos alcançar o Top 5 nos próximos 5 anos. Em 2022 esperamos atingir a fasquia dos 400.000 quartos de hotel com o nosso portfólio tecnológico.


Como lidaram com a incerteza inicial?

Se há vendas a incerteza dissipa-se rapidamente. Enfoque nas vendas, um controlo de custos rigoroso são importantes. Estamos numa indústria que requer constante mudança e adaptabilidade, é insensato ter um plano de negócios que não testa o mercado no curto prazo. Não se pode ter grandes ciclos de desenvolvimento em produto e depois esperar que o mercado o compre. Isso sim cria incerteza.


Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

Hoje o nosso maior trunfo é a reputação que temos com os nossos clientes, fornecedores e com quem investiu o seu capital na Nonius. Mas isso, hoje e no início é resultado do mesmo ingrediente, as pessoas, a equipa que a Nonius é e que conta com mais de 100 pessoas e até ao fim do ano serão mais de 130.


O que sugerem a quem começa?

Peçam dinheiro (ao banco ou a investidores) quando não necessitam. Quando necessitarem vai ser muito caro. Tenham um plano de negócios com uma meta de break-even muito clara e tem que ser para cumprir, custe o que custar e para isso à que ter planos de contingência para o caso de não estarem a atingir os resultados.


Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

Quanto a um conselho de um supervisor o melhor que recebi foi: Quando me trouxeres um problema começa por me dizer qual é a solução que propôs para o mesmo, depois diz-me qual era o problema. Não um conselho, mas sim uma frase que mantenho sempre em mente, é esta de Jack Welch e é: “Mude antes que tenha a obrigação de mudar e já seja demasiado tarde para a mudança”.


Mais informações em Nonius.


Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais