Recibos Online


O projeto Recibos Online é uma solução de digitalização de faturas que permite a retalhistas e outros emitentes eliminarem a tradicional impressão em papel, substituindo-as, sem necessidade de alterações ao software de faturação, por uma versão eletrónica com igual valor legal.

 

 

O que é/qual é o negócio?

Os Recibos Online é uma nova solução dos CTT que, trazendo o conceito da fatura eletrónica para o balcão de uma qualquer loja, pretende aproximar os clientes do retalho físico à presença digital das marcas. Com funcionalidades de marketing digital e avaliação da qualidade do atendimento assentes na desmaterialização da fatura, os Recibos Online têm ajudado os retalhistas a promoverem um serviço ao cliente mais próximo e inovador, ao mesmo tempo que publicitam as suas marcas e ofertas nos canais digitais.

 

De onde nasceu?

Os Recibos Online surgiram de uma necessidade pessoal durante um período em que estava a trabalhar em Londres e tinha que reportar as despesas à empresa em Portugal. Rapidamente comecei a acumular imenso papel na carteira, a que se somava os problemas de perder alguns desses talões ou de encontrar alguns já ilegíveis. Decidi então em 2012 sair de consultoria e dedicar-me em exclusivo à criação desta solução. Nasceu aí a Recibos Online que ficou depois incubada na Startup Lisboa.


Missão?

A missão dos Recibos Online é aproximar o físico e o digital, trazendo para o retalho físico funcionalidades que já vemos hoje disseminadas nas lojas online.


Financiamento?

Inicialmente foi através de capitais próprios que a empresa arrancou em 2012. Posteriormente em 2013 o nosso primeiro cliente acabou convertido em investidor. Foi também em 2013 que obtivemos vários prémios, alguns dos quais monetários que ajudaram a financiar o projeto. Entre essas distinções estão o 1º Lugar no Bet24h da Universidade Católica ou o primeiro prémio no maior concurso de empreendedorismo em Portugal – o Realize o Seu Sonho da Associação Acredita Portugal. Posteriormente ao tentarmos que um dos maiores retalhistas nacionais passasse a ser cliente dos Recibos Online – os CTT – este Grupo demonstrou interesse não só em ser cliente como também ser acionista, pelo que após alguns meses de negociações, no final de 2015, o Grupo CTT adquiriu 100% dos Recibos Online, integrando nos quadros os fundadores que se mantém hoje responsáveis pelo desenvolvimento da solução na área de Publicidade e Soluções Empresariais.


Promoção?

Os Recibos Online são uma plataforma multilateral que precisa de retalhistas e consumidores finais, no entanto focamo-nos principalmente na angariação de retalhistas já que para angariar consumidores finais confiamos nos nossos clientes retalhistas que ao promoverem a fatura eletrónica nos seus estabelecimentos estão intrinsecamente a contribuir para o aumento do número de utilizadores da plataforma. No que diz respeito à angariação de novas lojas, atuamos através das equipas comerciais CTT espalhadas por todo o país que ativamente procuram novas lojas que queiram aderir a este novo serviço.


Onde esperam chegar?

Os Recibos Online vão ser a plataforma de arquivo de todas as faturas e recibos dos Portugueses, facilitando a gestão de orçamento familiar, o cumprimento das obrigações fiscais em termos de IVA ou IRS ou simplesmente na ativação de uma troca ou garantia.


Como lidaram com a incerteza inicial?

Nós tínhamos um horizonte de tempo específico, dentro do qual a empresa teria que funcionar ou não. Esse horizonte era de três anos para os quais nos preparámos financeiramente para poder estar confortável sem ter a certeza de um vencimento mensal. Adicionalmente começámos desde cedo a atividade comercial, mesmo sem ter um produto finalizado o que nos permitiu ir adaptando a solução às reais necessidades que encontrávamos. Um exemplo dessa adaptação tem a ver com a proposta de valor para o retalhista. Para nós enquanto consumidores finais, eliminar o papel e ter um sítio centralizado onde ter as faturas parece uma solução perfeita, no entanto para o retalhista isso significa perder mais alguns preciosos segundos de atendimento para explicar o que é a fatura eletrónica e pedir um endereço de email. Cedo percebemos assim que tínhamos que acrescentar mais valor para além de simplesmente eliminar o papel, e foi nessa altura que enveredámos pela visão de aproximar físico e digital e assim conseguir estender a experiência de compra para além do ponto de venda. Acrescentámos funcionalidades de branding, de personalização dos emails enviados e mais recentemente a possibilidade de avaliar a experiência em loja.


Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

O maior trunfo foi termos desenvolvido uma tecnologia proprietária e patenteada que nos permitiu avançar sem dependências externas. Por conseguinte conseguimos provar mais depressa que a necessidade existia e que o modelo que propúnhamos era válido. Um dos grandes problemas no arranque é o tempo que tudo demora a acontecer. Muitas startups acabam por não vingar não porque a necessidade do seu produto não exista, mas simplesmente porque as decisões externas demoram sempre muito mais tempo que aquilo que antecipamos e desejamos.


O que sugerem a quem começa?

Façam algo muito específico de forma excelente e mais tarde diversifiquem o risco (noutra coisa muito específica e excelente), ao invés de tentarem fazer muitas coisas de forma mediana. Hoje em dia as inovações disruptivas são normalmente fruto do trabalho de investigação de muitos anos, de muitas pessoas e de muito investimento, por isso resta-nos as inovações incrementais, e neste tipo de inovações cada pormenor conta para se chegar à excelência. O como fazer medianamente está facilmente acessível através de uma pesquisa no Google, o excelente não!

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

“Submetam uma patente sobre a vossa tecnologia”. A submissão da patente acrescentou credibilidade ao nosso produto. Em Portugal o tema da Propriedade Intelectual ainda é pouco explorado pelo que ao termos avançado nesse campo obtivemos uma diferenciação positiva perante clientes e parceiros, que associam a uma patente uma maior robustez tecnológica.

 

Mais informações em recibosonline.pt.

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais