Empreendedorismo

7 Passos Essenciais para Criar um Plano de Negócios


Todos os negócios devem ter um plano de negócios – quer seja para dar direção ao negócio, quer seja para atrair potenciais investidores.

 

No entanto, começar a delinear um Plano de Negócios pode não ser assim tão simples – aqui lhe deixamos sete passos para facilitar a tarefa.

 

1. Pesquise MUITO

De um modo geral, recomenda-se que pesquise, avalie e pense sobre o seu plano de negócio o dobro (ou triplo!) do tempo que, de facto, demora a escrevê-lo. Conheça e analise o seu produto/serviço, mercado e a sua especialização de forma íntima e extensa.

 

2. Determine o objetivo do Plano

Apesar de a definição de “Plano de Negócios” ser relativamente fixa e democrática, o objetivo do mesmo pode ser diferente de acordo com o seu contexto. Por um lado pode servir apenas como mapa de direções do negócio e evitar surpresas infelizes, por outro pode servir mais para captar investidores, necessitando por isso de ser mais objetivo e conciso. Quando estiver a definir o seu plano, assegure-se de que sabe a quem se dirige.

 

3. Crie um perfil da Empresa

O perfil da empresa inclui a história da mesma, os produtos/serviços que oferece, o seu público-alvo, recursos, a forma como irá resolver problemas e a definição de características que a tornem diferente das demais. Este perfil não só é uma das partes mais importantes do Plano de Negócios como deve ser uma das primeiras partes escritas que deve produzir.

 

4. Documente todos os aspetos da Empresa

Antes de um investidor se envolver em negócios com a sua empresa ele quererá assegurar-se que ela lhe pode render dinheiro. Esta expectativa leva a que os investidores queiram saber tudo o que há a saber sobre o seu negócio. Para que seja mais fácil de concretizar este desejo, documente tudo desde os gastos da empresa, cash flow, licenças e projeções, por exemplo.

 

5. Inclua um Plano de Marketing Estratégico

Um grande plano de negócios inclui sempre um plano de marketing agressivo. Cada objetivo de marketing deve ter vários sub-objetivos e táticas para os atingir. Não se esqueça de incluir uma secção de orçamentos.

 

6. Adapte-o de acordo com o seu público

Os potenciais leitores do seu plano vão desde banqueiros a investidores anjo, até colaboradores ou futuros parceiros. Apesar de ser um grupo diverso é, em princípio, finito, e cada tipo de leitor requer interesses e atenções diferentes. Por exemplo, os banqueiros terão maior interessa nos balanços financeiros, enquanto o gestor da sua equipa prestará mais atenção aos objetivos. Certifique-se de que o seu plano é fácil e rapidamente adaptável a todos os públicos.

 

7. Explique porque se importa

Quando partilha o seu Plano de Negócios com um investidor, um cliente ou um membro da equipa, este deve mostrar que você é apaixonado, dedicado e que se preocupa profundamente com o projeto. Explique aquilo que o fascina no negócio, ou aquilo que aprendeu pelo caminho – criar uma ligação emocional com o leitor pode ser o primeiro passo para algo muito bom.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

O que é um Plano de Negócios

Plano de Negócios – Ferramentas e Exemplos

Aplicações para o ajudar a criar um Plano de Negócios

 

 

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais