Ajude aquele funcionário mais problemático de forma eficaz


Mais tarde ou mais cedo é natural que um dos seus funcionários precise de aconselhamento da sua parte, seja devido a problemas pessoais ou profissionais que levam por vezes a comportamentos anormais como o atraso na entrega de relatórios ou à falta de presença em reuniões importantes. Muitos gestores e chefes acabam por tomar a decisão mais difícil, o despedimento, numa fase inicial ainda que seja possível evitar esta situação. Descubra aqui algumas formas de tentar apoiar a sua equipa quando esta precisa de um guia.


Encontre o problema

Antes de tudo, deve tentar perceber qual o problema junto do funcionário. Para este passo é fundamental ter uma relação de proximidade, mesmo que meramente profissional, de modo a conseguir ter o contexto e as ferramentas necessárias para compreender o que se está a passar. Pode haver um familiar doente, ambições de carreira não concretizadas, ou outras razões que deverá encontrar.


Ofereça ajuda

Mesmo que não exista uma relação de amizade, a verdade é que o sucesso da sua equipa é o seu próprio sucesso e fazer compreender que o despedimento não será a primeira opção pode ser uma boa forma de apoiar o seu funcionário. Ouça e reflita sobre o que está a causar este tipo de comportamento, talvez ele só precise de exteriorizar o que sente relativamente a um assunto específico.


Perceba se você é o problema

Aqui o problema pode não ser exatamente você, enquanto gestor ou chefe, mas como empresa. Talvez o funcionário tenha ambições profissionais que não estão a ser correspondidas, talvez ele sinta que está na altura de um aumento mas não saiba como vocalizar o seu desejo, ou talvez ele esteja descontente com uma metodologia de trabalho implementada. Por outro lado, o problema pode ser pessoal como um familiar doente ou dificuldades financeiras.


Encontrar a solução

Quando o problema é de origem familiar ou pessoal, a sua solução torna-se compreensivelmente mais difícil de encontrar. No entanto, se possível, pode tentar oferecer alguns dias de descanso ao funcionário para que ele tenha tempo de refletir sobre a sua vida e sobre o melhor modo de solucionar aquilo que o está a prejudicar.


Se o problema for profissional, pode ser mais fácil de combater. Pode estar realmente na altura de um aumento ou de dar a oportunidade ao seu funcionário de trabalhar a partir de casa. Mudar o escritório em que trabalha ou melhorar as suas condições gerais. Talvez até mudar de cargo, para um em que se sinta mais à vontade. O importante é tentar chegar a um acordo.


Salvar funcionários problemáticos nem sempre é fácil mas nunca deve desistir deles, especialmente quando o seu trabalho prévio foi de louvar. Nenhum bom profissional começa a ter piores resultados do nada e é fulcral à sua empresa compreender qual a raiz dos problemas, assim como a melhor solução para ambas as partes.


OUTROS ARTIGOS:

Como não perder clientes no checkout

Dicas para impedir que seja prejudicado por hackers


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais