Cative a atenção da geração Baby Boomers (1946 e 1964)


A publicidade, as promoções, o tipo de artigos e os posts nas redes sociais são hoje viradas para as gerações que já nasceram neste universo, nomeadamente os Millennials e a Geração Z, contudo, através da ajuda dos filhos e dos netos, as gerações mais velhas começam a tornar-se cada vez mais numa parte ativa da internet e do consumo online. Aquilo que começa por ser uma “modernice” torna-se rapidamente num media até curioso mas muitas vezes inacessível, levando os Baby Boomers a preferirem algo feito à sua medida como jornais e anúncios televisivos. Descubra alguns truques que o irão ajudar a aumentar o número de Baby Boomers no seu negócio online.


Use tamanhos de letra grandes

Não é difícil de entender este passo. Com a idade a nossa visão começa a fraquejar e nem sempre os óculos conseguem ajudar completamente, isto para não falar nos milhares de pessoas que não consegue ou não quer procurar ajuda médica. O ideal é pensar nos produtos que gostaria de lhes vender e optar por um tamanho de letra maior e bem visível.


Adicione o número de telefone

Todos nós nos lembramos das páginas amarelas e não somente pelo seu imenso tamanho e cor reconhecíveis mas também pelo facto de ser o principal modo de encontrarmos determinadas empresas como uma agência de viagens ou um canalizador. Habituados a ligar para o serviço que necessitam, os Baby Boomers continuam a permanecer esta forma de contacto a e-mails ou mensagens deixadas numa rede social. Se possui um call center, adicione um número de telefone à sua página para que possa ser facilmente contactado.


Não tenha medo de mostrar a cara

À semelhança do número de telefone, a maioria dos membros desta geração aprecia contactar diretamente com a pessoa que lhe vende o produto e apesar disto não ser possível numa venda online, não tenha medo de colocar uma fotografia sua ou de um membro da equipa que lide com as vendas no seu site. Isto irá mostrar que o seu serviço é profissional e de confiança.


Quanto mais simples, melhor

Se virmos os primeiros filmes do início do século XX iremos rapidamente perceber que as imagens e os movimentos em geral eram bastante demorados. O mesmo acontecia com os primeiros anúncios de televisão, bastante simples e diretos. Isto acontece porque o nosso cérebro demora a compreender imagens demasiado rápidas, tendo de ser treinado para tal.


Ora, os Baby Boomers nasceram exatamente com esse tipo de anúncios televisivos e com publicidade nos jornais e nas revistas que possuíam geralmente pouco ruído visual. Atualmente estamos mais treinados e conseguirmos absorver o triplo da informação quer seja nos rápidos anúncios do Youtube ou nos sites repletos de letras, banners e links, mas não se pode esquecer que se pretende cativar os mais velhos deve sempre optar por um design simples e minimalista - se encher a página de informação eles irão demorar mais a encontrar o que precisam, levando-os eventualmente a desistir.


Instruções básicas

Fazer um pagamento online é quase automático para nós mas, mais uma vez, a maioria dos Baby Boomers até no multibanco tem dificuldades. Por mais básico que pareça lembre-se de desenhar instruções minuciosas e simples do passo a passo. No caso de dúvida, incentive-os a ligar para o seu call center.


Cative o maior número de clientes possível e não desista das gerações mais velhas somente porque estas não estão tão habituadas às novas tecnologias. Adapte o seu site e as suas redes sociais às suas necessidades e verá que eles irão sentir-se mais interessados no seu produto ou serviço.


ARTIGOS RELACIONADOS:

O mito dos Millennials pode prejudicar a sua empresa

O que saber antes de investir no mundo dos e-sports


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais