Empreendedorismo

Como criar um logótipo


O logótipo deve ser a representação de tudo aquilo que a sua empresa é, acentuando a primeira impressão que um cliente ou potencial parceiro tem de um negócio. Com alguma reflexão e criatividade, o seu logótipo pode expressar rápida e marcadamente as características positivas do seu negócio.

 

Escolher tipo de logo
Basicamente, existem três tipos de logos por onde escolher:
- Aqueles baseados na palavra, e que usam um font específico que pode ou não ter algum tratamento que os distinga (ex: Microsoft e Sony);
- Aqueles que ilustram o que a empresa faz (ex: uma empresa de pinturas que tem como logótipo um pincel);
- Aqueles que usam símbolos gráficos mais ou menos abstratos (ex: Nike e Apple).

 

O último caso é o mais arriscado, já que requer muito tempo e trabalho para gerar reconhecimento entre os consumidores. O símbolo da Nike tem hoje um significado que foi edificado ao longo de anos de esforços de marketing coerentes, pelo que apostar numa ideia que se associe ao seu negócio e atividade é mais seguro.

 

Antes do brainstorming e desenho
Pense na mensagem que quer fazer passar com o logótipo, e tente escrevê-la numa pequena frase, acompanhada de outra frase que representa a sua missão. Lembre-se de ambas quando começar a idealizar o logo. Além desta estratégia, deve investigar os logótipos de outros negócios na indústria e como deseja diferenciar o seu. Além disto deve ainda lembrar-se que o logótipo deve ser limpo e funcional – aparecendo com tão bom aspeto num cartão de visita como estampado numa carrinha – e coerente com o nome da empresa/negócio. Se ainda assim está com falta de ideias, tente pensar no logótipo como uma forma de comunicar a característica que diferencia o seu negócio – por exemplo, um raio pode subentender serviços rápidos.

 

Cor
Pode não ser intuitivo, mas a primeira coisa que deve pensar antes de idealizar as cores do seu logótipo são os custos. Uma imagem de cinco cores pode parecer atrativa, mas isso também significa que a sua impressão sairá mais careira. Tente não exceder as três cores, tentando sempre preparar versões de uma, duas e três cores.

 

Contrate um profissional
Fazer o brainstorming por si é um passo crucial para criar e desenvolver a imagem do negócio, mas tentar criar o logótipo sozinho para evitar custos extra, se não for essa uma das suas áreas de especialização, pode ser um erro fatal. Lembre-se que não tem de apostar numa empresa de design de alto custo e que existem muitos designers independentes que podem fazer o trabalho por muito menos. Além das capacidades técnicas requeridas, o designer saberá ainda informá-lo sobre a sua transferência para diferentes espaços e meios e os custos de impressão.

 

Proteção
Depois de criar o logo que corporiza a missão da sua empresa, assegure-se de que protege a sua utilização, registando-o no Instituto Nacional de Propriedade Industrial.

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais