Como lidar com o cliente que não paga


Problemas financeiros ou custos extra são muitas vezes a causa de atrasos no pagamento por parte dos clientes, contudo, uma situação ainda mais indesejável é a do não pagamento. E o que fazer quando o cliente não pode ou se recusa a pagar? Damos-lhe algumas ideias de como evitar ou lidar com estas situações de forma prática.


Confirme o valor total várias vezes

Quer no início do contrato como durante o mesmo, é importante confirmar o valor do seu serviço especialmente se este for relativamente elevado. Deste modo, o cliente terá tempo para conseguir o dinheiro ou poderá comunicar-lhe a dificuldade de pagamento, dando-lhe tempo para pensar em formas alternativas como pagamento a prestações.


Opte por pagamento adiantado

Se é a primeira vez que faz negócio com o cliente, se sabe que ele tem dificuldade em pagar o serviço, ou se tem somente algum receio em geral, pode sempre optar por um pagamento adiantado, permitindo saber que receberá o dinheiro mesmo antes de investir algum da sua parte.


Relembre no final do serviço e não descanse

Por mais responsável que um profissional seja, é fácil um ou outro compromisso ficar perdido no meio do caos de dezenas de tarefas. Por isso, assim que o serviço estiver completo, não se esqueça de relembrar o cliente de que ainda falta o pagamento. De igual modo, se não obtiver resposta ao seu e-mail, tente contactá-lo via telefone, videochamada ou até cara-a-cara.


A satisfação do cliente é importante

Se o pagamento está demorado tente perceber até que ponto o cliente possa estar pouco satisfeito com o produto final e, se for esse o caso, tente ao máximo resolver a situação.


Mostre que existem opções

Deixar de realizar determinado serviço, recuperar os produtos enviados, ou até cancelar parcerias futuras é uma boa forma de mostrar a sua determinação em receber o que lhe é devido. Quando colocadas contra a parece muitos pessoas acabam por se lembrar de opções que lhes permitem cumprir o combinado.


Em último recurso pode sempre contactar o seu advogado e tentar resolver o problema pela via da justiça mas muitos casos conseguem ser resolvidos através de uma comunicação firme e direta com a parte devedora. Até lá, evite fazer novos negócios com a entidade em causa e tenha sempre a certeza que os valores totais são acordados por ambas as partes desde a fase inicial do projeto.


OUTROS ARTIGOS:

Como garantir que o cliente não abandona o carrinho de compras

Como melhorar a sua relação com o cliente


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais