Empreendedorismo

Como poupar em seguros


Se tiver cuidado e atenção na escolha dos seguros que mantém na sua empresa, poderá ser capaz de poupar centenas de euros anualmente.

 

Aqui ficam sete dicas para ajudar nos cortes das despesas com seguros.

 


Avaliação de necessidades
Faça o trabalho de casa: saiba o que precisa e pretende e familiarize-se com a terminologia das seguradoras (coberturas, exclusões, franquias, períodos de carência, limites de capital, etc). O desconhecimento de tais termos pode ter como consequência a subscrição de serviços desnecessários ou pouco adequados.

 

Explore as suas opções
O passo lógico neste ponto é sentar-se ao computador e iniciar-se nas simulações disponíveis na grande parte dos sites das seguradoras para descobrir as suas melhores opções. Às vezes sai mais barato contratar serviços em seguradoras diferentes, do que adquirir um pacote em apenas uma.

 

Evite sobreposições
Se não conhecer as coberturas dos seguros, pode arriscar-se a ter duas ou mais apólices que cubram o mesmo risco, suportando assim maiores encargos nem indemnizações cumulativas. Os seguros de responsabilidade civil são, neste ponto, um exemplo comum passível de sobreposições.

 

Declarações exatas
Deve sempre revelar toda a informação possível e nunca prestar declarações falsas quando assina um contrato. Desta forma, evita problemas futuros e propicia poupança. No exemplo prático dos seguros de saúde, o facto de ocultar uma doença que tenha tido no passado pode levar à anulação do seguro, perda dos prémios e obrigação de restituição dos pagamentos já efetuados.

 

Opções low cost
De um modo geral, as seguradoras de base telefónica e/ou online são mais económicas. Porque a sua própria estrutura envolve menos custos, são capazes de cobrar menos. No campo dos seguros automóveis, por exemplo, podemos tomar os casos da Logo, Ok! Teleseguros, iPronto e Seguro Direto. Nota: deve ficar sempre alerta para a verificação de possível perda de coberturas.

 

Considere a procura de intermediários de seguros
O tratamento de seguros por parte dos intermediários desonera as seguradoras de vários custos, podendo estas praticar preços mais baixos. A Deco chegou a estimar que os mediadores de seguros propiciavam cortes de 20% a 25% dos custos, face às seguradoras, oferecendo simultaneamente um maior leque de escolhas.

 

Pagamento por inteiro
Se lhe for possível, opte pela modalidade de pagamento por inteiro do prémio. Apesar de as prestações serem alternativas mais contínuas e confortáveis, são também mais custosas.

 

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Segurança na Internet para Pequenas Empresas

Dicas para uma Loja Segura

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais