Empreendedorismo

Dicas de finanças para Startups a começar


HTML Editor - Full Version

Construir uma empresa desde o início é uma das coisas mais difíceis que poderá querer fazer na vida. No entanto, se está a pensar arrancar com uma startup este ano, eis algumas dicas de finanças preciosas que poderão ser úteis pelo caminho.

 

1. Gestão do Cash Flow é essencial

Há muitas startups que falham, e as razões para tal acontecer são variadas, mas uma é mais comum que as outras: a certa altura, ficam sem dinheiro. Desta forma, é crucial que saiba de onde vem cada euro, e para onde vai cada euro. Se não se mantiver em cima do dinheiro, vai acabar por colocar a sua empresa numa posição muito perigosa e difícil. Uma ideia muito boa não vale de nada se não tiver o dinheiro suficiente para a alavancar. Faça um orçamento e seja-lhe fiel.

 

2. Faça um tracking de todos os gastos

Com o lançamento de uma nova startup vão existir gastos a vir de todas as direções possíveis e imaginárias. Contratar um profissional para lidar, desde o início, com os números e a contabilidade não é a opção mais amiga do seu bolso, portanto aconselhamos que utilize um software fidedigno de contabilidade para que se mantenha organizado.

 

3. Limite as suas despesas fixas no início

Nos estádios iniciais de uma startup, manter as despesas limitadas é a chave para a longevidade. Não precisa mesmo de um escritório totalmente equipado com o equipamento mais moderno, ou refeições de luxo para o staff várias vezes ao dia. Opere a baixo custo para que a maior parte do capital possa ser realocado para o crescimento. Muitas startups fazem gastos desnecessários no início e esquecem-se que gerar lucro é a sua principal prioridade.

 

4. Seja otimista, mas prepare-se para o pior

Nunca se sabe o que pode acontecer quando começa um negócio, por isso é melhor estar preparado para o pior cenário possível. Não desista do seu trabalho original e não elimine logo a sua fonte de rendimentos. Mantenha reservas numa conta poupança.

 

5. Todo o tempo tem valor monetário

Tempo é dinheiro, portanto nada é mais valioso do que o seu tempo. Só pode fazer um certo número de coisas todos os dias, portanto tome algum tempo a planear os seus deveres.

 

6. Foco na aquisição de clientes

Sem clientes não há negócio. Quanto mais cedo perceber como pode adquirir novos clientes e ganhar escala, melhor.

 

7. Pague o seu próprio ordenado

O seu trabalho e dedicação não põem comida na mesa – precisa mesmo de ter um salário próprio. Enquanto não precisa de reservar para si um salário milionário, assegure-se de que tem o suficiente para sobreviver.

 

8. Estabeleça objetivos financeiros

Crie e estabeleça objetivos financeiros atingíveis e mensuráveis. Reveja-os mensalmente ou semanalmente e faça ajustes para que o crescimento seja contínuo e constante. Estabeleça milestones a atingir. Quebrar pequenas barreiras e objetivos pode dar-lhe energia e confiança para avançar na sua aventura empreendedora.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Como contratar um Contabilista

Aplicações Móveis para uma Melhor Gestão

A importância da Contabilidade numa Empresa

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais