Dicas para lidar com o stress extremo


Importante para a nossa constante motivação, o stress é algo que todos os profissionais sentem mais tarde ou mais cedo nas suas carreiras. Os projetos futuros, os desafios do dia-a-dia, o convívio com colegas, tudo isto vai aumentando a nossa tensão e o sentimento de pressão, como se existisse sempre algo que fica por fazer. No entanto, o stress pode igualmente ser o responsável por problemas de saúde graves e é fundamental aprender a desanuviar, evitando que este o prejudique em vez de lhe ser benéfico.


Meditação

Retirar um momento para si pode ser uma grande ajuda no combate ao stress extremo. Seja na sua casa, numa praia ou em outro lugar que lhe transmita tranquilidade, é importante deixar o mundo de lado por alguns momentos e concentrar-se nas suas necessidades, na sua calma, e nos bons momentos da vida. Uma das formas de meditação, igualmente uma forma de vida, mais populares dos últimos anos é o mindfulness, um treino mental que lhe permite focar no presente, no aqui e agora, e que o irá auxiliar nos momentos mais difíceis.


Crie um diário

Quando somos mais novos é normal que nos aconselhem a escrever um diário onde exteriorizar as nossas conquistas e as nossas preocupações. Pois bem, na verdade nunca deveríamos deixar de ter um. Escrever sobre o que sentimos ajuda o nosso cérebro a organizar o pensamento e ajuda-nos a nós a lidar melhor com os problemas. Esta prática é tão eficaz que muitos psicólogos o pedem aos seus pacientes.


Exteriorize com o outro

Enquanto o diário nos permite exteriorizar pensamentos íntimos que não queremos partilhar, é fulcral aprender a exteriorizar as frustrações de um modo mais físico, seja ao praticar exercício, a conversar com um amigo ou até com um psicólogo.


Contra-balançar a negatividade matinal

Quando o nível de stress aumenta em demasia acontece algo muito frequente - sentir-se stressado assim que acorda. Isto acontece porque o stress acumulado do dia anterior não foi tratado devidamente, sendo transmitido quando acorda no dia seguinte. Uma forma de aliviar os sintomas é parar um pouco para pensar no lado positivo da sua vida - as suas conquistas, a família, os amigos, o modo como subiu na carreira ou como a sua chefia o elogia. Concentrarmo-nos no negativo é quase intuitivo e esquecemos facilmente a importância de dar valor ao que de melhor acontece na nossa vida.


Repense as suas responsabilidades

Existem casos em que o profissional acredita que consegue tratar de “n” tarefas e ainda que isso seja fácil de concretizar inicialmente, com o passar do tempo esta necessidade de trabalhar irá virar-se contra ele. Analise as suas tarefas e perceba até que ponto não está a cargo de coisas que pode delegar a outro membro da equipa com mais tempo ou até com melhor vocação para elas.


Mentalize-se de que não consegue fazer tudo, aprenda a diferenciar o importante do urgente e organize o seu trabalho de forma a saber que tudo será feito mesmo que não no mesmo dia. Fora do local ou hora de trabalho, navegue pelas suas redes sociais, vá ao cinema, jante com amigos. Não se esqueça que a sua produtividade e o seu êxito profissional dependem sempre da sua saúde física e mental.


ARTIGOS RELACIONADOS:

A forma eficiente de combater o seu pior inimigo, o stress

Vá de férias sem que a sua empresa sofra com a sua ausência


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais