Erros que deve evitar enquanto Freelancer


Profissão a angariar cada vez mais adeptos, o freelancing torna-se na resposta para quem deseja trabalhar em várias áreas ou para quem tem alguma dificuldade em encontrar uma empresa tradicional. Permitindo criar o horário flexível que muitos desejam, o freelancing parece ser algo simples, contudo, não o é. Infelizmente a falta de preparação e experiência podem levá-lo a cair em hábitos menos positivos e que podem prejudicá-lo a curto e a longo prazo.


Aceitar todas as propostas

Especialmente numa fase inicial, é fácil cair no erro de aceitar todas as propostas de modo a conseguir o equilíbrio financeiro ideal. Isto pressupõe aceitar não somente os bons projetos mas igualmente aqueles que pagam menos, algo que o afetará no imediato e a longo prazo, pois raramente um cliente irá pagar mais por uma tarefa pela qual pagou menos anteriormente, obrigando-o a si a continuar a aceitar este trabalho por medo de perder rendimento.


Nunca negociar

É importante conhecer o seu próprio valor e quando a proposta que recebe não se traduz na qualidade do seu trabalho, é preciso saber negociar. O projeto é urgente? A remuneração deve ser maior. Ou talvez a diferença de valores possa ser compensada com uma boa review no seu site, com bilhetes para eventos ou até acesso ao produto para o qual está a trabalhar.


Resposta tardia

De modo a oferecer uma boa impressão de si ao seu cliente, ou futuro cliente, é fulcral que resposta rapidamente aos e-mails mesmo que já seja de noite. Não se esqueça que existe competição, e a falta de resposta pode levar o cliente a procurar outro profissional, por medo de não conseguir comunicar eficazmente consigo.


Falta de interesse no futuro

Durante as últimas comunicações, após o projeto ser entregue ou quando se encontra já em fase final, não se esqueça de comentar afirmativamente o seu desejo em voltar a trabalhar com determinado cliente. Isto fará com que ele se sinta valorizado e tenha maior tendência a procurá-lo primeiro.


Trabalhar em demasia

O facto de não possuir horários rígidos levam normalmente o freelancer a esquecer o seu tempo-livre, com o intuito de conseguir executar a maior quantidade de trabalho possível. No entanto, rapidamente este hábito se traduzirá em relações pessoais (amigos e familiares) menos saudáveis, e num nível elevado de stress pela falta de tempo para descansar. Nunca diga que não a férias e deixe sempre um ou dois dias por semana para fazer aquilo que mais gosta, para além do trabalho.


Não separar o pessoal do profissional

Enquanto freelancer será certamente elogiado. No entanto, alguns clientes irão de igual forma criticar o seu trabalho, mesmo que nem sempre de forma construtiva, e é difícil saber diferenciar um comentário pessoal de um profissional. Quando um cliente não está satisfeito com o produto final, não se sinta insultado ou desanimado. Procure perceber o que pode fazer melhor, até junto do cliente, e tente novamente.


Ser freelancer é a profissão de sonho para muitos jovens empreendedores mas como numa empresa tradicional, é preciso estar preparado para as partes menos positivas desta linha de trabalho. Prepare-se para os desafios que terá de enfrentar.


ARTIGOS RELACIONADOS:

Dicas de como se tornar um freelancer mais produtivo

Enquanto Freelancer descubra como distinguir maus clientes


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais