Empreendedorismo

Erros de Português mais comuns nas Empresas


Costuma dizer-se que errar é humano, e é verdade... mas também é verdade que dar erros enquanto comunica o seu negócio ou produto pode ser uma verdadeira sentença de morte e uma péssima publicidade para os seus clientes.

 

Eis alguns dos erros mais comuns que as empresas cometem nas suas comunicações corporativas:

 

1. Há / À / Á

Uma das grandes guerras da língua portuguesa faz-se com poucas letras – infelizmente, muita gente não sabe distinguir quando usar “há” ou “à” numa frase, mas nós queremos ajudar.

- à: contração da proposição “a” e utiliza-se para referir um lugar, objeto indireto ou complemento nominal; exemplos: “vou à segurança social” ou “disse à secretária”.

- há: conjugação do verbo “haver” e usa-se para referência temporal ou de posse; exemplos: “a reunião começou há 10 minutos” ou “no café há pastéis de carne e de bacalhau”.

- á: não existe.

 

2. Com Certeza / Concerteza

Uma está certa, outra está errada. A forma correta é “com certeza”. É uma locução adverbial composta pela preposição com e pelo nome certeza. “Concerteza” simplesmente não existe.

 

3. Onde / Aonde

- onde: deve usar-se para indicação de permanência; exemplo “onde é o seu escritório?”.

- aonde: deve usar-se para indicação de movimento ou destino; exemplo: “aonde vais depois da reunião?”

 

4. ç / ss / s / c

É uma dificuldade antiga, a de emparelhar corretamente ç / ss / s / c no meio das frases que utilizamos no dia-a-dia, isto porque os sons são por vezes semelhantes, levando à confusão que só pode ser vencida pela memorização do léxico e pela interiorização das regras, decorrentes da experiência de leitura e de escrita. No entanto, há algumas noções que podem e devem ser recordadas, segundo o FLIP:

- s: O (s) representa o som [s] apenas em início de palavra (ex.: seguro, só), a seguir a vogal nasal (ex.: pensão), ou a seguir a consoante (ex.: bolso, psicologia, urso); há algumas exceções, como obséquio ou trânsito, em que o se lê [z]. Entre vogais, o nunca tem valor de [s], mas sempre de [z] (ex.: casa).

- ss: O (ss) representa o som [s] apenas em contextos intervocálicos (ex.: assar, isso, promessa), e nunca em início de palavra ou depois de consoante.

- c: O  (c) representa o som [s] apenas antes das vogais e (ex.: aceder, alce, comecei, torcer) ou (ex.: ácido, cálcio, macio, narciso).
- ç: O sinal gráfico (ç) representa o som [s] antes das vogais (ex.: alça, cabeça, junção), o (ex.: calçomoço, monções) ou u (ex.: açúcar, calçudo). Este sinal nunca surge em início de palavra, nem se usa antes das vogais e (ex.: cabecear) ou (ex.: mocinho), pois nesses casos o cê sem cedilha (c) já tem o valor de [s].

 

5. Colocação de Hífenes

É um dos grande flagelos da língua portuguesa: de facto, há muita gente a não saber conjugar verbos e, por isso, a colocar hífenes onde eles simplesmente não existem. “Colocaste” o “colocas-te” por exemplo são coisas completamente diferentes: a primeira é uma conjugação do verbo “colocar” no Pretérito Perfeito (onde a 1ª pessoa se representa como “Eu Coloquei”), a segunda é uma conjugação do Presente do indicativo do verbo “colocar-se” (onde a 1ª pessoa se representa como “Eu Coloquei-me”).

 

6. Eminente / Iminente

O adjetivo eminente refere-se a algo que está elevado em relação a qualquer coisa (ex: torre eminente). Por outro lado, o adjetivo iminente refere-se a algo que está prestes a acontecer (ex: aquisição iminente”).

 

7. Retificar / Ratificar

Ao contrário do que possa pensar, “retificar” e “ratificar” são mesmo palavras diferentes – ainda que não propriamente contrárias. Ora “retificar” significa corrigir, enquanto que “ratificar” significa confirmar ou validar.

 

8. Anexo / Em anexo

Já alguma vez enviou um email onde diz que um documento segue “em anexo”? é provável que sim. Enquanto não está, na verdade, a cometer um erro, a expressão mais correta a utilizar é “o documento segue anexo”, dado que a forma “em anexo” é considerada um estrangeirismo.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Erros de Comunicação Comuns

Erros Fatais no seu Website

 

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais