Empreendedorismo

Falha Tecnológica: como reagir?


Toda e qualquer empresa que lide com alguma forma de tecnologia deve lembrar-se que os acidentes acontecem e que nem mesmo a inovação, aparelhos do estado de arte ou sistemas informáticos de alto gabarito são completamente infalíveis.

 

Como tal, as falhas e os erros tecnológicos são uma realidade que deve ter bem ciente no dia-a-dia da sua empresa, pelo que deve estar sempre preparado para adereçá-los da melhor forma possível.

 

Eis 5 passos essenciais para que a sua reação seja o menos nociva possível para o negócio.

 

Detetar

Um serviço tecnológico e de gestão bem desenhado terá monitorização suficiente para detetar e avisar de qualquer erro antes que este se torne um verdadeiro incidente. Se a sua equipa não recebe sinalizações de problemas iminentes, anote na sua lista de melhorias a necessidade de melhorar a monitorização e sinalização de alertas.

 

Responder

A pior coisa que pode acontecer a um colaborador/gestor/responsável que denota um erro no sistema/tecnologia é andar a fazer contas de cabeça sobre quem deve chamar para ajudar a resolver o caso. Não se preocupe em quem não quer incomodar ou a que horas o faz: ninguém deve ficar zangado por ser acordado ou incomodado quando não é necessário durante uma crise, mas imagine que por ventura escolheu não aborrecer a pessoa que seria capaz de resolver o problema rapidamente. Lembre-se: uma empresa é uma equipa e todos devem apoiar-se mutuamente, especialmente em momentos de crise.

 

Recuperar

Não vale a pena colocar “paninhos quentes”: o cliente não quer saber porque é que o seu sistema falhou – a sua única preocupação é a sua recuperação mais rápida possível. Nunca hesite em resolver um problema rapidamente para minimizar o seu impacto – coloque-o no ponto mais alto da lista de prioridades imediatas! Se é o responsável técnico e sabe que, por exemplo, um simples restart do sistema pode resolver a questão, não hesite. Resolva agora e perceba a causa depois. O cliente vem sempre primeiro.

 

Aprender

Os acidentes fazem parte da vida e, especialmente, de gerir e oferecer um serviço. Todos melhoramos se responsabilizarmos equipas, mas não se só quisermos apontar o dedo a alguém. Distribuir culpas não resolve nada – preocupe-se mais em compreender o que correu menos bem e a tomar medidas para que no futuro não torne a acontecer.

 

Melhorar

Determina a causa do incidente e identifique claramente as mudanças que irão prevenir esse tipo de acidentes de voltarem a repetir-se.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Tecnologia e Informação

Segurança na Internet para Pequenas Empresas

6 Riscos de Segurança e Como Combatê-los

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais