Empreendedorismo

Como gerir o mapa de férias dos funcionários


Fazer a gestão das férias dos seus trabalhadores não é uma tarefa fácil – com períodos de alta preferência como o verão ou o Natal, é difícil conjugar os períodos de descanso de todos.

 

Ainda assim, é possível fazê-lo com sucesso e justiça se tiver em atenção alguns pontos essenciais.

 

1. Mapa de férias anual

A marcação de férias deve ser feita num mapa anual, de acordo com o definido no Código do Trabalho. Este deve ser afixado pelo empregador até 15 de abril de cada ano, durando até 31 de outubro. No caso das microempresas este período pode ser diferente (entre 1 de janeiro e 31 de dezembro).

 

2. Marcação de férias

As férias devem ser marcadas como fruto de um acordo entre o trabalhador e o empregador. Se não existir acordo, a responsabilidade da marcação de férias é do empregador. Os cônjuges que trabalham na mesma empresa têm direito a gozar férias em período idêntico.

 

3. Duração de férias

Cada colaborador tem direito a gozar um período anual de férias mínimo de 22 dias úteis.

 

4. Períodos mais requisitados

Os períodos mais requisitados para férias devem ser convenientemente rateados. Devem-se alternar os funcionários de férias de acordo com os dois anos anteriores.

 

5. Férias em ano de entrada

Depois de seis meses do início do contrato, o trabalhador tem direito a dois dias úteis de férias por cada mês de duração do contrato nesse ano, até ao limite de 20 dias.

 

6. Férias não gozadas

As férias vencidas podem ser gozadas até ao fim do 1º trimestre do ano seguinte.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Contratação de Recursos Humanos

Avaliação de Desempenho

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais