Empreendedorismo

Hábitos Financeiros que deve ter na sua Empresa


As mais generalistas dicas financeiras são simples e bem conhecidas, mas a verdade é que poucos empreendedores as aplicam.

 

De facto, d acordo com um estudo elaborado junto de 1700 empreendedores de pequenas empresas, apenas um em cada quatro adota todos os sete hábitos financeiros recomendados para o sucesso.

 

Se por algum motivo ainda não sabe quais são eles, deixamos aqui uma ajuda preciosa.

 

1. Faça uma revisão regular às suas finanças

Todos os negócios têm o seu flow específico, o seu ritmo de lucro e os seus gastos. Estes podem variar (ou não) com a sazonalidade, a duração de projetos ou termos de contratos. Em qualquer caso, é essencial fazer revisões semanais e mensais para compreender a um nível profundo e íntimo a frequência e escala das suas operações de negócio, a taxa de crescimento do mesmo ou até o risco apresentado pelos clientes que se atrasam em pagamentos (se for o caso).

 

2. Mantenha um orçamento

Um orçamento não é mais do que uma expectativa. Num nível mais básico, faça um orçamento no primeiro dia do mês para estimar os lucros que terá ao longo do mês e quanto irá pagar em despesa. Depois faça o balanço no final do mês para avaliar as suas previsões. Recomece e repita. Cada vez ficará melhor na orçamentação, e porque está ciente dos seus gastos e ganhos fará escolhas mais informadas e será capaz de identificar problemas antes deles aparecerem.

 

3. Guarde o suficiente para os impostos

O dinheiro que guarda para os impostos não é, na realidade, dinheiro seu. Pertence ao governo, razão pela qual é sempre preferível pô-lo logo de parte e não o confundir com o restante.

 

4. Reduza a dívida de forma proactiva

Por vezes, a dívida é uma coisa boa. Assume uma dívida no curto prazo para permitir um crescimento do seu negócio a longo prazo. Por outro lado, dívidas desnecessárias podem afetar seriamente o seu negócio – identifique-as e elimine-as com pagamentos consistentes o mais depressa possível.

 

5. Pague um salário a si mesmo com os lucros do negócio

Talvez salário não seja o termo correto, dado que é o gestor da sua empresa, no entanto, é importante que não se retire da equação de pagamentos e que receba ao final do mês a parte que lhe é devida. Quando tem um salário por oposição a “ficar com o que sobra”, isto força-o a pensar mais no negócio e nos seus rendimentos pessoais de forma separada.

 

6. Estabeleça uma estrutura de negócio para suportar responsabilidades e impostos

As estruturas mais comuns de negócio são os empresários em nome individual, sociedades anónimas, cooperativas ou sociedade por quotas. Cada uma delas tem obrigações financeiras e legais diferentes, e é importante que as conheça bem (assim como aos seus prós e contras) antes de estabelecer o seu negócio.

 

7. Maximize isenções e deduções

Informe-se sobre os benefícios fiscais disponibilizados pelo eu país, governo e setor e aproveite-os. Não o fazer é um desserviço para o seu negócio. Isenções e deduções são reduções importantes às suas despesas.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Benefícios Fiscais de que pode gozar uma Startup

Incentivos à Contratação

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais