Empreendedorismo

Qual o nome da sua empresa?


A escolha do nome de um negócio está longe de ser um processo fácil e rápido, não só devido às questões legais, como também aos efeitos que pode ter nas estratégias de marketing da empresa. Exige uma enorme consideração e ponderação por parte dos empreendedores, já que o nome do negócio, se for bem escolhido, é capaz de se tornar a mais eficaz, eficiente e poderosa ferramenta de promoção da atividade realizada.

 

Mais abaixo encontram-se 4 pontos que o ajudarão no processo de escolha do nome e posterior registo do mesmo.

 

 - O Tipo de Nome Desejado: os negócios podem ter os mais variados nomes, que refletem sempre algumas características e posicionamento da empresa. Por exemplo, a utilização dos apelidos dos sócios da empresa, ou do sítio em que a empresa está sedeada, tem uma conotação mais tradicional, em que a segurança e “o nome daqueles que dão a cara pelo negócio” é visto como fundamental. Por outro lado, inventar uma palavra para o nome da sua empresa pode levar a que no futuro, mediante os níveis de promoção, o mesmo seja imediatamente associado a um produto por parte dos consumidores (Cerelac e Gillette são dois exemplos deste caso). Por fim, optar por palavras que evoquem objetos ou conceitos da vida quotidiana, como a Apple, Amazon ou a Virgin, remetendo para o significado e simbolismo do nome da sua empresa, podem encaminhar a sua empresa para que seja considerada como inovadora e desafiadora.

 

- O Registo: após o pedido do certificado de admissibilidade da empresa (ou constituição de pessoa coletiva) ao Registo Nacional de Pessoas Colectivas Coletivas (RNPC), segue-se uma escritura pública, a declaração de Início de Actividade Atividade pela Direção Geral dos Impostos e a requisição do Registo Comercial. Posteriormente, o registo será publicado em Diário da República, pelo que pode inscrever-se definitivamente no RNPC. Quanto à marca, o registo é efetuado junto do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Poderá consultar os nomes já existentes no mercado, assim como o código da atividade económica a que dizem respeito, no Portal da Empresa.

 

 - Presença Online: página na Internet e domínio registado são, hoje em dia, tão fundamentais para um negócio, como a indicação de uma sede e de um contacto telefónico. O processo de registo de domínio nacional (site.pt) pode ser efetuado com a Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN), enquanto os de domínio internacional (site.com/.org/.net) podem ser feitos nos sites das empresas certificadas pela Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN). Contudo, ao recorrer a um fornecedor de serviço de alojamento de sites ou de acesso à Internet, pode delegar a tarefa de registo no mesmo.

 

 - Pesquisar Pelo Seu Nome Online: o último passo é digitar nos motores de busca da web as palavras-chave associadas ao seu negócio, para ter a certeza que as mesmas não sejam encaminhadas para outras marcas, produtos e serviços – tanto das empresas que fazem parte da concorrência, como outras de outro setor que tenham escolhido o mesmo nome (ou altamente parecido) com o seu.

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais