Empreendedorismo

Produtos Substitutos


Produtos substitutos, ou sucedâneos, são sempre uma ameaça em qualquer mercado, visto que, como o nome indica, pretendem ser uma alternativa a produtos já existentes, oferecendo ao consumidor a vantagem de terem um preço menor.

 

Mais abaixo encontram-se os fatores que determinam se os produtos substitutos são uma ameaça credível para outras empresas, ao mesmo tempo que são uma oportunidade para os consumidores, assim como as consequências que a sua comercialização implica para o mercado em que estão inseridos:

 

Fatores

Custo/Benefício – Logicamente, se um produto suprir as mesmas necessidades que outro e o seu preço for menor, a sua relação custo/benefício é altamente proveitosa para o consumidor e desvantajosa para as restantes empresas no mercado (ex: a massificação da produção de câmeras digitais, com preços relativamente acessíveis, levou ao aumento do seu consumo comparativamente ao de câmeras analógicas).

 

Rentabilidade do Mercado – Encontra-se no seguimento do primeiro fator, implicando que os produtos substitutos tornam-se uma ameaça mais forte num mercado em que haja espaço de progressão para que estes cresçam (ex: no mercado dos medicamentos, os produtos genéricos têm vindo a crescer face aos medicamentos de marca).

 

Custos de Troca – A longevidade e garantia de funcionamento de um produto significam muito para um consumidor. Se este souber que poderá pagar menos por um produto, que satisfará as mesmas ou até mais necessidades que o que usava anteriormente e terá um “tempo de vida” superior, então estamos perante o caso de um produto substituto que representa um alto nível de ameaça para as empresas já instituídas (ex: o surgimento dos telemóveis garantiu aos consumidores um serviço mais fidedigno e duradouro que o fornecido por pagers e bips).

 

Consequências

A idealização e produção destes bens e serviços têm em conta a sociologia do consumo e as tendências de mercado, que poderão aumentar largamente a sua competitividade, nomeadamente em preço.

 

O seu surgimento provoca inovações tecnológicas, que as empresas em mercado tentarão colmatar, não só com a redução dos custos de produção, como também com mais despesas em investigação e desenvolvimento. Isto leva a que durante esse período o nível de lucros diminua;

 

Produzem mudanças substanciais nos custos de produção variáveis, que podem alterar o esquema de produção de outras empresas, e nos custos de aquisição e índices de qualidade para os consumidores.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Cinco Forças de Porter

Fornecedores

 

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais