O que fazer quando um colega começa a ter maus resultados


Seja qual for a sua área, mais tarde ou mais cedo, irá deparar-se com um colega cuja produtividade começou a diminuir. Os projetos não são entregues a tempo, possivelmente começa a faltar ao emprego, comunica mal com a equipa, entre outros sinais de que algo não está bem. Muitas vezes o primeiro passo é pensar em substituições, porém, existem outras opções mais produtivas e que evitam que perca um profissional que fará falta à sua empresa.


Fale diretamente com o colega

Por vezes a melhor solução é a mais óbvia. Escolha um local privado, por exemplo o seu escritório, e tenha uma conversa franca com o seu colega. Tente compreender se realmente se passa alguma coisa, seja vontade de sair da empresa ou um problema familiar. Talvez ele ainda não tenha tido coragem para desabafar ou quem sabe não se tenha apercebido do modo como a sua produtividade diminuiu.


Tenha atenção ao stress e à depressão

Você fala com o colega e ele garante que está tudo bem ou talvez você não tenha intimidade para lhe perguntar sobre a sua vida, ou ele poderá não querer falar consigo, referindo que a sua vida pessoal não interessa no local de trabalho. A verdade é que a diminuição na produtividade, e as mudanças de personalidade, estão muitas vezes ligadas ao stress extremo e a problemas de depressão grave - situações cada vez mais comuns num mundo ligado ao trabalho 24h sobre 24h. Nestes momentos, deve falar com uma chefia e tentar ao máximo fazer uma intervenção, garantindo ao colega que aquele é um espaço saudável e de apoio em que pode confiar para desabafar e enfrentar os seus problemas.


Seja flexível nos métodos de trabalho

Se conseguir compreender que o problema reside com situações complicadas de família ou stress acumulado, pode ser uma boa ideia tentar perceber junto do colega se um novo método de trabalho o ajudaria. A facilidade mais comum é permitir que ele trabalhe a partir de casa, com um horário mais flexível, dando-lhe a oportunidade de realizar o seu trabalho da melhor forma, enquanto tem tempo para resolver qualquer situação que esteja a afetar a sua produtividade, ou possibilitando que descanse, que vá até ao campo, ou outro local onde possa continuar as suas funções enquanto diminui o stress e a ansiedade da rotina.


Incentive o colega

Se ele permanece na sua empresa e se você detestaria vê-lo partir é porque ele já conquistou o suficiente e nunca é demais lembrá-lo do seu valor não somente enquanto pessoa mas também enquanto profissional e como parte da família que é a sua empresa. Por vezes lembrar as vitórias é o suficiente para nos motivar a resolver os problemas que possam estar a afetar a nossa produtividade e até a nossa própria confiança.


Em vez de despedir um colega com problemas, deve tentar mostrar o seu apoio para que este se sinta motivado a melhorar. Colegas e chefias devem juntar-se para mostrar que estão lá para o que for preciso, criando um ambiente saudável, de aceitação, e adaptação. Por muito bom que o profissional seja, ninguém está livre de problemas de saúde ou de família que afetam qualquer um a qualquer altura.


Outros artigos:

Como a necessidade de pertencer afeta a sua venda online

Comece a preparar a sua estratégia de marketing de halloween e natal


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais