Empreendedorismo

Como usar emojis no marketing da sua Empresa


A comunicação das empresas está cada vez mais interligada com a sua existência digital, e esta existência digital é, por sua vez, cada vez mais acedida por via dos telemóveis dos seus clientes. E se falamos em telemóveis, falamos numa linguagem de comunicação específica, largamente inexplorada de que o seu negócio pode (ou não) beneficiar.

 

Os emojis (pequenos pictogramas coloridos que servem para transmitir uma ideia, sentimento ou frase) já são um lugar comum na comunicação interpessoal, mas passam também a assumir uma posição de cada vez maior destaque na comunicação de marcas - por exemplo, o blockbuster Deadpool construiu um billboard do filme unicamente composto por emojis, enquanto a Domino's americana já permite aos seus clientes encomendar uma pizza através do simples envio do respetivo emoji do alimento.

 

Esta "moda" passará rapidamente a uma necessidade, e as noções sobre o seu ajuste são essenciais se não quiser ficar "fora de jogo". Eis algumas dicas para incorporar emojis com sucesso nas suas campanhas / comunicações de empresa.

 

1. Saiba quais os emojis que fazem sentido na sua audiência

Com tantos emojis disponíveis, é importante que perceba que usá-los indiscriminadamente não é a solução e que deve saber o significado por detrás de cada um que planeia usar. Uma empresa de enquadramento mais sério pode resignar-se aos emojis mais clássicos (um "smile" por exemplo), enquanto uma empresa dedicada a serviços/produtos para o público jovem pode arriscar numa comunicação de emojis mais radical e original.

 

2. Emojis na comunicação com parceiros / colaboradores / clientes

Quer seja através de email ou por chat, os emojis podem ser muito úteis para afinar o tom correto da mensagem que pretende passar. Se quer congratular um colaborador por um bom trabalho, não se coíba de o temperar com um "smile". Por outro lado, pode também pensar em colocar um emoji preocupado quando comunica notícias menos boas mas pretende manter uma linha de empatia na mensagem.

 

3. Cuidado com as mensagens confusas

Porque os emojis são uma ferramenta relativamente recente, existem algumas marcas que caem no erro de exagerar a sua comunicação ao inundar os seus copys com emojis. Demasiados emojis ou emojis errados podem criar uma mensagem confusa tanto para os clientes fidelizados como para os prospects.

 

4. Elemento pessoal

Os emojis podem ser particularmente eficientes a dar um elemento pessoal ao marketing da sua marca, mas lembre-se: o que funciona nuns casos, não funciona necessariamente para outros. Antes de decidir usá-los, responda a estas questões: os emojis vão ser relevantes para a minha marca? Compreendemos completamente os emojis que planeamos usar? Com que frequência devemos usá-los? Como é que o nosso público-alvo interage online? Usar emojis vai melhorar a mensagem que estamos a tentar passar?

 

5. Encorajar interação

As redes sociais são, atualmente, a primeira paragem quando um cliente tem uma necessidade em relação a uma marca. Usar emojis pode melhorar esta interação porque pode ajudar a quebrar o gelo e encorajar o diálogo.

 

6. Compreender onde e quando usar

Um negócio como um restaurante pode beneficiar bastante de uma linguagem alavancada pelo uso de emojis, porque está a promover uma oferta divertida e informal. Por outro lado, um negócio de contabilidade, por exemplo, pode não ser tão apropriado para espalhar os emojis que mais gosta. Lembre-se também que, além do tipo de negócio que conduz, é importante conduzir alguns pequenos testes para avaliar a performance dos emojis no contexto do seu negócio: compare a taxa de abertura de emails com e sem emojis no assunto, avalie o seu engagement nas redes sociais quando usa e não usa emojis.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Estratégia de Comunicação

7 C's da Comunicação

Erros de Comunicação Comuns

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais