Empreendedorismo

Como usar o Linkedin para Recrutar


O Linkedin pode revelar-se uma verdadeira mina de ouro se estiver a recrutar – afinal, onde mais pode encontrar milhões de profissionais num único local que compila a sua experiência, habilidades, educação, recomendações e especialidade?

 

No entanto, e num imenso mar de candidatos, como encontrar e abordar apenas os melhores?

 

Para facilitar a explicação, usaremos um exemplo: vamos supor que tem uma agência de publicidade com clientes de turismo e procura um copywriter responsável pela criação de peças de texto da marca. Os seus requisitos para este trabalho são:

- experiência mínima de três anos na função;

- fluência em inglês e francês;

- conhecimento e interesse na área de Turismo;

- formação em comunicação.

 

Estas qualificações ajudá-lo-ão a filtrar resultados na Pesquisa Avançada do Linkedin. Na barra de ferramentas do lado direito, assinale a pesquisa de Pessoas e clique em Pesquisa Avançada. Para esta pesquisa, deverá aplicar os seguintes parâmetros específicos:

- Cargo: copywriter;

- Setor: Marketing e Publicidade.

 

Os resultados primários trar-lhe-ão centenas ou milhares de candidatos, mas antes de iniciar os contactos, pode reduzir bastante este número ao filtrar os mais qualificados. De acordo com os seus requisitos, procura alguém com conhecimentos em turismo, pelo que se colocar “turismo” no campo das palavras chave da pesquisa obterá uma amostra bastante menor de candidatos.

 

O próximo passo é investigar os perfis dos possíveis candidatos e averiguar quais estão ativamente à procura de trabalho. Depois desta pesquisa, terá algumas opções:

- InMail: não parta para o contacto questionando diretamente sobre o interesse em trabalho; pergunte antes sobre alguma particularidade que lhe tenha chamado a atenção (um prémio, ou uma escola frequentada). Essencialmente, tente estabelecer uma relação para o conhecer minimamente e entender se se enquadra na sua empresa;

- Grupos: procure grupos de que essa pessoa faça parte e junte-se a eles – desta forma poderá chegar à pessoa que lhe interessa enviando-lhe uma mensagem reforçando que fazem parte do mesmo grupo e que poderá ter uma oportunidade que lhe interessa;

- Ligações de segundo-grau: se descobrir que um dos candidatos é “amigo de um amigo”, peça a esse conhecimento para vos apresentar e peça-lhe também uma opinião sobre a pessoa em questão;

- Mensagem do LinkedIn OpenLink Network: se o candidato fizer parte do LinkedIn OpenLink Network poderá enviar-lhe uma mensagem sem ter de ser via InMail.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Como usar o Linkedin na sua Empresa

10 Leis do Marketing nos Social Media

 

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais