Vícios que podem estar a prejudicar inconscientemente a sua equipa


Ao tentar ser eficiente, muitos profissionais não percebem que os seus hábitos podem estar a destabilizar a equipa. Estes vícios passam normalmente despercebidos mas o seu impacto é grande, por isso, venha descobrir alguns dos aspectos a que deve ter muita atenção quando lida com uma equipa seja como colega ou, especialmente, como gestor.


Focar-se em tarefas e não objetivos

Pedir à sua equipa que telefone a um determinado número de possíveis clientes ou que envie certas newsletters pode parecer um pedido direto e sem complicações. Contudo isto fará com que os seus colegas sintam que estão a executar tarefas sem um propósito, por exemplo, angariar mais clientes ou partilhar um novo produto pelos clientes. Tente ao máximo passar objetivos específicos, eventualmente junto com tarefas, para que a produtividade da equipa seja a melhor, assim como a sua motivação.


Mergulhar no trabalho que fica por fazer

Se o seu colega não terminou as funções que lhe competem não deve retirar do seu tempo para as executar. Para além de estar a sobrecarregar-se física e emocionalmente com algo que não lhe pertence, será o seu colega a ficar com os louvores do trabalho feito, assim como será ele a ser visto como um profissional exemplar, enquanto o seu próprio trabalho pode ser prejudicado, tal como a sua carreira. Em contrapartida, tente comunicar com o colega e, eventualmente, com uma chefia, se não for você, e tente compreender a razão que leva a tarefa a ficar por fazer. O profissional pode não compreender como fazê-la ou pode estar a tentar executá-la da forma errada - quem sabe você conhece um atalho que evita trabalho em excesso sem retirar qualidade.


Evitar confrontos e deixar a sua opinião de lado

Para evitar uma discussão ou um momento desagradável é possível que você esteja a deixar de lado a sua opinião e a seguir “cegamente” o outro. Num ambiente de trabalho, a sua opinião é sempre válida, quer concordem com ela ou não, por isso, nunca tenha receio de a partilhar pois isso irá matar a sua oportunidade de progressão. Tenha confiança nas suas habilidade e se pensa que algo não está a ser executado da melhor forma, sinta-se à vontade para sugerir outros caminhos que poderão até tornar-se na salvação ou êxito de determinado projeto.


Dar maior apoio a amigos

Quando tem algum tempo livre ou quando a sua função é a de auxiliar colegas, evite a todo o custo centrar-se somente nos profissionais com os quais tem uma melhor relação. Ainda que possa ser involuntário, é fundamental ter uma visão objetiva e compreender quem precisa realmente de ajuda, e quando. Qual aquele membro que está à experiência, cuja carreira começou agora, ou aquele cujas habilidades têm de ser melhoradas em certa área. Deste modo, a equipa poderá trabalhar de forma produtiva e por igual, não deixando de lado quem realmente necessita do seu apoio.


Muitos dos nossos comportamentos são inconscientes mas conseguir olhar como alguém de fora e compreender quais os erros que está a cometer é fulcral a um bom profissional. Não se esqueça que o sucesso de cada membro irá influenciar o sucesso de determinado projeto e, por conseguinte, da empresa.


OUTROS ARTIGOS:

Como adaptar a sua estratégia de marketing via e-mail à Geração X

Como comunicar más notícias à sua equipa


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais