Barreiras mentais que estão a prejudicar o seu futuro


Ter medos quando inicia a sua atividade como empreendedor é normal mas não se pode deixar limitar por eles. Por isso, apresentamos aqui os receios mais comuns assim como algumas dicas de como aprender a lidar com eles da melhor forma para que não perca oportunidades e veja a sua empresa crescer ainda mais.


Não tem conhecimentos suficientes

O sentimento de não conhecermos o suficiente da nossa área é algo que atinge vários profissionais não importa o quanto eles de facto estudem. É aquela ideia de que quando fala com outro empresário, ele sabe muito mais e, por isso, o irá julgar ou até negar uma parceria ou produto.


Provavelmente já ouviu muito a expressão “ninguém nasce ensinado”, e pode ter a certeza que no mundo do empreendedorismo isto é absolutamente verdade. Outra ideia que tem de perceber é que neste mundo é fundamental estar sempre a adquirir novos conhecimentos e, por isso, sentir que não possui conhecimentos suficientes para ser um bom empreendedor é normal e até, em certa parte, desejável. Participe em cursos, em palestras, e eventos, conheça novas pessoas e não tenha receio de afirmar que não domina determinado assunto, provavelmente a contra-parte ficará feliz por ajudá-lo.


Desenhar objetivos vagos

Ter objetivos é importante enquanto empreendedor mas o desafio aqui é conseguir um que seja realista e possível de concretizar a curto ou médio prazo. Depois de conquistado, então está na altura de avaliar a sua situação e delinear uma nova meta. Caso contrário, se optar por escolher um objetivo a longo prazo e difícil de concretizar, poderá acabar desmotivado quando perceber que não o poderá levar até ao fim.


Preocupar-se com a opinião alheia

Claro que aquilo que pensam de nós é importante enquanto empreendedores, afinal, a ideia é manter boas relações com outros profissionais, clientes e parceiros. No entanto, isto não significa que tenha ou deva alterar metodologias ou membros da equipa, por exemplo, somente porque alguém lho disse. Acima de tudo deve ter confiança nas suas decisões e nas suas ideologias, pois nunca será possível agradar a todos e quase ninguém conhece a sua situação como você mesmo.


Deixar o mentor decidir tudo

Escolher um bom mentor é útil para poder ser guiado nalguns assuntos de forma a aprender com os melhores. Porém, é fácil começar a deixar tudo para o mentor decidir, um erro tremendo que tem de evitar. Ainda que o possa aconselhar, o mentor não deve tomar decisões por si, até porque a ideia é você aprender e isso só acontecerá quando tiver a coragem de arriscar por sua conta e risco.


Não conseguir organizar o seu tempo

As tarefas aparentemente infinitas são muitas vezes razão para muito stress. Saber organizar o seu tempo, mesmo que não trabalhe num escritório fixo, é fundamental. Faça uma lista à mão de todas as atividades por fazer, organize-as por grau de importância e não se esqueça de deixar algum tempo livre para si.


O medo de avançar, de ser você mesmo, e de se concentrar na visão que deseja trazer à vida podem desmotivá-lo ou até fazê-lo desistir de determinado caminho. É importante saber que muitos outros empreendedores passam pelo mesmo e que se possui uma ideia ou um sonho, não deve ter medo de tentar concretizá-lo.


ARTIGOS RELACIONADOS:

Como encontrar tempo para se exercitar num horário apertado

Não perca tempo com estas tarefas inúteis


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias e Eventos

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais