Empreendedorismo

Social Animals


As redes sociais são o seu habitat natural e a Social Animals não só se compromete a comunicar todas as marcas do seu portefólio profissional com a naturalidade de quem nasceu em berço de Facebook e Instagram como desafia todas as marcas a agirem como parte deste ecossistema digital.

 

 

O que é/qual é o negócio?

Gostamos de nos definir como uma agência de publicidade com foco em media sociais. Parece apenas um pormenor, mas não. Nós somos publicitários e, não queremos nem fazemos apenas redes sociais. Aliás a campanha 360º #OndeEstáoÓscar que criámos para a NOS Audiovisuais é a prova disso.


De onde nasceu?

A empresa nasceu de uma conversa casual com o dono de uma cadeia de lojas de instrumentos. Foi nesse momento que eu e dois dos futuros sócios nos apercebemos do quanto esta área estava atrasada em Portugal quando comparada com a realidade do mercado brasileiro em que na época trabalhávamos.


Missão?

Ajudar a área a desenvolver-se, fazendo um trabalho de vanguarda em termos criativos e estratégicos. Além disso, queremos que as marcas deixem de estar nas redes sociais apenas por estar e passem a transformar likes em leads.

 


Financiamento?

Nunca quisemos ser financiados, nem nunca tivemos sócios investidores. Tudo o que conseguimos foi fruto do nosso trabalho – algo que muito nos orgulha.


Promoção?

Em casa de ferreiro espeto de pau. Esse é definitivamente o nosso ponto fraco. ;)


Onde esperam chegar?

Não queremos ser uma fábrica, queremos ser uma boutique. Queremos trabalhar apenas os clientes em que acreditamos, pois sabemos que só assim conseguiremos continuar a inovar em termos estratégicos e criativos.

 

Como lidaram com a incerteza inicial?

Sempre considerámos que o momento financeiro/económico do país eram perfeitos para lançar um negócio deste tipo. Afinal redes sociais têm tudo a ver com comunicar com o público certo, evitando gastos desnecessários e isso deve ser a prioridade das empresas portuguesas.

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

A nossa experiência, o fato de termos trabalhado em algumas das maiores agências de redes sociais da américa latina, termos tido contato direto e formação no Google, Facebook e Twitter.

 

O que sugerem a quem começa?

Perseverança e não ter medo de sair da zona de conforto. Se for preciso e possível, ir para fora, aprender e, um dia mais tarde, trazer esse know how para Portugal. Sempre foi assim que este país evoluiu. 

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

Sejam discretos enquanto empresa, porque neste país não se deve fazer muito barulho. 

 

Mais informações em socialanimals.pt.

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais