Os tipos de fotografias que deve evitar ter no seu perfil de LinkedIn


Se está à procura de trabalho ou se pretende aumentar a sua rede de networking então é boa ideia ter uma atenção especial ao seu LinkedIn, começando pela imagem que apresenta. Tal como acontece quando conhece alguém pela primeira vez, a sua aparência irá muitas vezes ditar até que ponto as pessoas permanecem no seu perfil ou desistem mesmo antes de ler seja o que for. Por isso, descubra quais os tipos de fotografia que deve evitar.


Imagens que não são suas

Fotografias de um ídolo ou do seu animal de estimação são completamente proibidas quando falamos do perfil de uma rede social profissional. A excepção pode ser se você trabalhar diretamente com animais, e isso seja uma parte fundamental da sua profissão. Neste caso pode optar por uma fotografia consigo e com o seu amiguinho de quatro patas, mas você terá sempre de ser o foco.


A selfie em frente do espelho

Bastante popular nas redes sociais, este tipo de fotografia oferece uma aparência completamente amadora ao seu perfil e irá fazer com que não o levem a sério.


Uso de filtros

Usar um filtro base pode ajudar a acentuar a fotografia mas evite utilizar aqueles que mais modificam a imagem. Idealmente a sua fotografia deve parecer o mais natural possível.


A expressão séria

Muito popular outrora, a expressão série leva os outros a sentirem pouca empatia consigo, diminuindo as chances de uma boa relação. Se reparar, seja no LinkedIn ou em revistas de renome, os grandes empreendedores tendem a ter uma expressão mais alegre do que séria, mais amigável e menos formal.


Uma imagem desfocada

Por vezes é difícil conseguir que a fotografia fique nítida e nesses casos deve pedir ajuda a um amigo ou familiar. O pior que pode fazer é colocar uma imagem desfocada, transmitindo desinteresse da sua parte em fazer um bom trabalho, começando pela fotografia de perfil.


Imagens de corpo inteiro

A fotografia de perfil serve essencialmente para os visitantes conhecerem a sua cara e, para isso, ela deve ser o foco. Evite imagens de corpo inteiro e dê preferência à “fotografia de passaporte”, dos ombros para cima.


Tal como o seu curriculum vitae deve ser cuidado, o seu perfil de LinkedIn pode fazer a diferença entre ser ou não contratado. Um bom perfil transmite uma boa primeira impressão, revela profissionalismo, e fará com que o outro confie em si e nas suas qualificações.


ARTIGOS RELACIONADOS:

Como tirar boas fotografias para o seu perfil profissional

Crie o seu perfil LinkedIn ideal


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais