Mentor: Dicas para guiar o seu “aprendiz” até ao sucesso


A opção pela contratação de um mentor é algo cada vez mais frequente junto de novos empreendedores e, se está interessado em alcançar esta posição, deve conhecer as melhores práticas e aquelas a evitar a todo o custo, mesmo que aparentemente pareçam inocentes e vantajosas.


LEIA TAMBÉM: Redes Sociais: A importância de ter uma boa presença online


Aprenda a ouvir o seu aprendiz

Saber as suas intenções, conhecer o seu passado, ficar a par das suas conquistas, tudo isto é fundamental ao sucesso de uma mentoria. Saber ouvir as dúvidas e as histórias irá auxiliar o seu papel, estando fornecido com as informações necessárias para desenhar o melhor caminho com fim a alcançar os objetivos do profissional. 


Opte pelo feedback positivo

Dizer constantemente que o seu aprendiz está a executar mal as tarefas ou a optar pelas escolhas erradas não irá ajudá-lo a crescer. Deve oferecer feedback positivo, indicando não apenas o que está mal mas o que pode ser melhorado e qual a melhor forma de o fazer. No mesmo sentido, não se esqueça de elogiar sempre que algo foi bem concretizado.


Não faça escolhas pelo outro

O seu papel é o de guiar, não o substituir. Oferecer conselhos é desejável, quer estes lhe sejam pedidos, quer você acredite estar na hora de alguns, no entanto, isto não significa que o profissional os siga. É fulcral que o aprendiz aprenda a caminhar sozinho e optar por não seguir as suas palavras em determinadas ocasiões é inevitável. Se um erro for cometido, esta torna-se numa experiência de aprendizagem, se tudo correr bem, terá a prova de que o profissional tem o que é preciso para uma carreira de sucesso. É importante sublinhar que a responsabilidade final está sempre do lado do aprendiz e que este deve ser autónomo para tomar as suas próprias decisões.


A divergência de opiniões é natural 

Claro que de certa forma, o aprendiz deve concordar com a maioria dos seus conselhos e ensinamentos, porém, isto não é uma necessidade constante. É natural que ambas as partes tenham as suas crenças e os seus modos de trabalhar e, de tempos em tempos, é normal e até fulcral que ele tome decisões ou vá por caminhos que você não aconselharia. Para além do facto de que diferentes gerações têm formas diferentes de ver o mundo, ao errar o aprendiz aprenderá uma lição ou, quem sabe, o resultado acabe positivo.


LEIA TAMBÉM: Reuniões: O que fazer quando não possui um escritório


Se gosta de ensinar e tem o desejo de passar à geração seguinte as suas experiências pessoais e profissionais, enveredar pelo caminho de mentor pode ser a resposta ao seu desejo de tentar algo novo e até de continuar a trabalhar depois da reforma.


Keywords: Mentor, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais