Razões que levam um negócio a terminar em menos de dois anos


Momentos de crise como a que atravessamos são um dos principais motivos pelo qual as jovens empresas desaparecem, no entanto, existem outras razões que as levam ao fim num curto espaço de tempo. Tenha atenção extra a estes pontos e comece a desenhar uma estratégia que os salvaguarde.


LEIA TAMBÉM: Produtividade: Alterações simples para trabalhar melhor no computador


Lucro versus receita

Existem termos que deve conhecer e entre eles estão o lucro e a receita. Enquanto a receita é todo o investimento que consegue através da venda de produtos ou serviços, o lucro é o resultado da diferença entre a receita e as despesas. Devido a isto, muitos profissionais focam-se apenas no lucro, optando por produtos e parcerias que à partida lhes tragam essa vantagem. Contudo, essa decisão pode levar à diminuição de receita e sem esta será difícil manter as despesas essenciais, culminando no fim da empresa. 


Não confiar nos outros profissionais

O sentimento de que ninguém faz determinada tarefa como você, poderá levar a um sobrecarregamento de trabalho pouco saudável e que o obrigará a executar essas tarefas rapidamente, sem a atenção ou a qualidade devidas. O processo de contratação da equipa deve ser cuidadoso, garantindo que confia nas capacidades e nos conhecimentos dos profissionais, permitindo-lhe delegar ou transmitir funções importantes.


Depender demasiado dos amigos e da família

É provável que os seus amigos decidam adquirir produtos como apoio, porém, eles não serão uma base realista de clientes. Antes de iniciar o seu negócio, é importante perceber quem são os possíveis interessados na sua região (cidade, país), de forma a saber a quem se dirigir na hora de criar a sua estratégia de marketing, incluindo os primeiros panfletos, as redes sociais, o site, entre outros elementos.


Entrar no mercado com preços demasiado baixos

É natural ter preços mais em conta quando inaugura o seu negócio, incentivando as pessoas a visitarem-nos, conquistando-as com um bom produto e um atendimento especializado mas isto não é tudo. Preços demasiado baixos podem trazer dois problemas graves: não conseguir suportar as despesas e dar a entender que o seu produto tem menor qualidade, daí os preços adaptados.


Acreditar que se funciona uma vez, funciona sempre

Esta crença é muito perigosa especialmente num mundo em constante mudança. Novas redes sociais, novas preocupações ambientais, novas tendências, novos materiais brutos, tudo isto influencia o consumidor e, se não se souber adaptar, acabará por perder presença ao ser ultrapassado por empresas “mais modernas”.


LEIA TAMBÉM: Chefia: Expressões condescendentes que deve evitar


Aprenda com a experiência do outro e nunca desista. Quando se deparar com um desafio procure novas formas de lidar com ele junto de quem lhe é próximo e dos profissionais que trabalham consigo. 


Keywords: Marketing, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais