Empreendedorismo

Ciclo de Vida do Produto


Um produto passa por uma sequência de estadios, desde a introdução ao crescimento, maturidade e declínio. A esta série de etapas dá-se o nome de Ciclo de Vida do Produto, e está associada às alterações que se dão na sua situação de marketing e vendas, e o seu consequente impacto na estratégia de marketing e no marketing mix.

 

Este ciclo pode, de um modo geral, ser representado pelo seguinte diagrama:

 

 

Introdução
Neste primeiro estadio, a empresa tenta consciencializar os clientes para o produto e desenvolver um mercado para si. O seu impacto no marketing-mix é o seguinte:
- Produto: a marca e o nível de qualidade são estabelecidos e obtém-se proteção intelectual (ex: patentes);
- Preço: recomenda-se que o preço de penetração seja baixo para construir market share de forma sólida, todavia, pode apostar-se em preços altos para recuperar de custos de desenvolvimento;
- Distribuição: seletiva, até os consumidores aceitarem o produto;
- Promoção: deve ser apoiada desde cedo e apostar no estabelecimento da marca e produto e informação útil ao cliente sobre o mesmo.

 

Crescimento
Este período corresponde à efetivação da aceitação por parte dos consumidores e do crescimento dos lucros, aumentando assim o market share. O seu impacto no marketing-mix é o seguinte:
- Produto: mantém-se a qualidade e podem acrescentar-se instrumentos ou outras ferramentas de apoio;
- Preço:  mantém-se.
- Distribuição: acrescentam-se canais à medida que a procura aumenta e os consumidores aceitam o produto;
- Promoção:  aposta na promoção faz-se para um público cada vez mais generalizado.

 

Maturidade
O terceiro estadio vê-se com um baixo crescimento de vendas, sendo que os níveis de lucro estabilizam ou diminuem, no caso de os gastos para defender o produto (da concorrência) terem de aumentar. O seu impacto no marketing-mix é o seguinte:
- Produto:  as suas características e vantagens devem ser exaltadas de forma a diferenciá-lo da oferta da concorrência;
- Preço: pode baixar, por causa da concorrência;
- Distribuição: torna-se mais intensa e começam a surgir incentivos à escolha (promoções, por exemplo);
- Promoção:  é dada ênfase à diferenciação do produto em relação à concorrência.

 

Declínio
Quando as vendas e o lucro começam a cair, o produto entra na fase de declínio. Nessa altura, a empresa tem várias opções:
- Manter o produto tentando, possivelmente, rejuvenescê-lo com novas características e utilizações;
- Limite o produto, reduzindo os seus custos e continuando a oferecê-lo, possivelmente, a um segmento de nicho leal;
- Descontinuar o produto, liquidando o stock existente ou vendendo-o a outra empresa que o queira continuar a vender.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Marketing Mix

SCAMPER

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais