Tesla: Recente acidente chama atenção para as normas de segurança


Março de 2018 ficou marcado pelo falecimento de um funcionário da Apple que embateu contra um muro de proteção enquanto conduzia um Tesla no seu modo de piloto automático. A vítima, Walter Huang de 38 anos, tinha já mencionado que o carro não estava a detetar corretamente uma das interseções da autoestrada, levantando questões sobre a segurança desta função de condução.


LEIA TAMBÉM: Website: O que realmente deve ter no seu “About” ou “Sobre”


Os resultados do inquérito foram agora publicados e, para além de servirem como alerta a melhorias urgentes na programação dos Tesla, o acidente serve também para relembrar as medidas de segurança que os condutores devem ter em mente quando usam os benefícios do piloto automático.


Foi determinado que Huang estava distraído a mexer no seu smartphone, que o sistema anti-colisão do Tesla não foi desenhado para detetar aquele tipo de barreira, e que o modo de piloto automático não tinha meios de monitorar o envolvimento do condutor. 


Ainda que a empresa explique aos seus clientes que é necessário manter as mãos no volante, havendo um alerta sonoro que ativa se o mesmo não se verificar, muitos críticos alertam para o facto do nome “piloto automático” oferecer um sentido de segurança irreal, adicionando que a falha em realizar alterações urgentes no software podem levar a acidentes futuros, pois vão existir sempre condutores que não vão seguir as normas de condução.


Keywords: Tesla, Piloto Automático, Apple, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais