Cerca de três dezenas de empresários de Taiwan e representantes do Centro Económico e Cultural de Taipei visitaram a NOS no âmbito de uma missão empresarial ao nosso País.

A comitiva do continente asiático, representativa do tecido empresarial de Taiwan, está em Portugal para participar no Forum Taiwan&UE-CPLP Business and Investment e visitou a NOS como uma das empresas atrativas do ponto de vista de Investigação & Desenvolvimento tecnológico.

O encontro reuniu cerca de 30 empresários taiwaneses que se deslocaram a Portugal, durante dois dias, com o objetivo de conhecer as diferentes oportunidades de negócio, investimento e potenciais sinergias com empresas nacionais e da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa.

A comitiva, composta por representantes de diferentes setores, teve como áreas de interesse prioritárias as Telecomunicações, Energia e Energias Renováveis, Turismo, Tecnologia de Informação, Agroalimentar e Imobiliário.

A visita foi promovida pela União de Exportadores da CPLP, que conta com mais de 400 organizações associadas e que visa a cooperação entre entidades empresariais, governamentais e económicas de vários países de Língua Portuguesa para implementação de sistemas de incentivo à exportação e internacionalização.


A NOS e o seu parceiro Innowave, empresa tecnológica com forte vocação internacional em soluções multimédia, receberam a comitiva e apresentaram os projetos na área de televisão que desenvolveram em conjunto.

Após ter sido pioneira na nova geração de interfaces de televisão, com o lançamento do serviço Iris há quatro anos, a equipa de inovação da NOS continua a desenvolver, com know-how interno, novas apps e interfaces.

Desde 2011 que a NOS disponibiliza serviços inovadores no mercado nacional e, em alguns casos, a nível internacional, como o restart tv, a gravação automática e a Iris Online. Hoje estes serviços encontram-se massificados em Portugal e a NOS posiciona-se como um líder no lançamento de standards mundiais.

Recorde-se que a NOS está a estudar eventuais parcerias para levar os seus desenvolvimentos ao nível da televisão a outros países. Vários operadores de cabo de diversos países do mundo já mostraram interesse no que de inédito e inovador se tem desenvolvido na NOS.