Neutralidade Carbónica

Temos como meta atingir a neutralidade carbónica até 2040.

Para isso, trabalhamos em quatro objectivos-chave: aumentar o consumo de energia renovável, aumentar a eficiência da nossa operação, descarbonizar os edifícios e lojas, e fazer a transição para uma frota de baixo carbono.


Saber mais

Mudamos para energia renovável


Inovador e pioneiro no mercado de comunicações nacional, estabelecemos um contrato de compra de eletricidade renovável a longo prazo - PPA (Power Purchase Agreement) com a EDP, que garantirá 62 GWh por ano de energia renovável.

Um novo parque eólico será implantado nos próximos anos e em 2023 poderemos fornecer cerca de 40% das nossas necessidades energéticas com eletricidade "verde" certificada, bem como explorar toda a nossa rede 5G com energia renovável certificada.






Aumentamos a eficiência da nossa operação


Entre 2015 e 2020, reduzimos em 80% o nosso consumo de energia por tráfego de dados.

Este desempenho representa o investimento avultado e continuado que temos vindo a fazer em medidas de eficiência energética e redução de emissões em diversas áreas, desde a rede até aos edifícios.

Entre estas medidas destacam-se a modernização integral da rede de acesso móvel e o reforço de capacidade e instalação de equipamentos mais eficientes que resultaram em poupanças de energia na ordem dos 25% para a mesma capacidade de tráfego, bem como a consolidação e virtualização de servidores e a adoção de soluções avançadas de climatização e iluminação em Data Centers, que aumentaram em cerca de 30% a eficiência energética destas instalações.



Descarbonização dos nossos edifícios e lojas


Edificios Administrativos

Implementámos medidas de modernização e gestão eficiente da climatização e a instalação de tecnologia de iluminação LED, geraram uma redução consistente do consumo absoluto de energia nos últimos cinco anos.

Esta redução foi reforçada, a partir do final do primeiro trimestre do ano, com a adoção do teletrabalho.

Em 2020, o consumo total de energia nos nossos edifícios atingiu um valor 16% inferior ao registado em 2015, ultrapassando o objetivo de redução de 9% que havíamos definido.

Lojas próprias

O processo de remodelação, iniciado em 2016, envolveu a adoção de iluminação LED, o que permitiu reduzir de forma consistente o consumo de eletricidade.

Em 2020, o consumo foi também influenciado pela limitação do atendimento presencial, registando um valor 43% inferior ao de 2015, e ultrapassando assim o objetivo estabelecido de redução de 35%, no mesmo período.





Transição para uma frota de baixo carbono


Na frota própria, começaram a ser introduzidos veículos híbridos que, no final de 2020, representavam 5% do total das viaturas.

Em 2021 aprovámos uma grelha obrigatória de viaturas de função totalmente eletrificada (híbridas e elétricas), para alcançarmos, até 2030, o objetivo de transição para uma frota de baixo carbono.

Também em 2021, aprovámos a nossa participação num projeto de reflorestação nacional para compensação de emissões de GEE (gases de efeito de estufa), não evitáveis, resultantes da frota de viaturas dos colaboradores e de serviço da NOS.

No final de cada ano são calculadas as emissões associadas à deslocação da frota própria, e posteriormente, são calculados e plantados os hectares de arborização de floresta necessários para assegurar a compensação das emissões.