20 de janeiro de 2022

DESEMPENHO EM SUSTENTABILIDADE DA NOS ENTRE OS MELHORES DO SETOR NA EUROPA


  • NOS obtém classificação “Advanced” pela Moody’s ESG Solutions
  • É a 6ª melhor entre as empresas de telecomunicações da Europa consideradas na avaliação
  • Avaliação da NOS melhorou face a 2020, principalmente nas dimensões Ambiente e Social

Partilhar
Desempenho em sustentabilidade da NOS entre os melhores do setor na Europa

A NOS melhorou o seu desempenho em sustentabilidade face a 2020 e obtém agora a sexta classificação mais alta no sector das telecomunicações na Europa, segundo a última avaliação de ESG (ambiental, social e governança) conduzida pela Moody's ESG Solutions, um provedor de dados e avaliações especializado nestas áreas.

Na edição de 2021, a NOS foi classificada com o nível “Advanced”, obtendo uma pontuação de 63 em 100. A Moody's ESG Solutions analisa mais de mil empresas a nível europeu, 35 das quais na área das telecomunicações.

A pontuação obtida pela NOS reflete uma subida de três pontos face a 2020, destacando-se uma melhoria de desempenho nas dimensões Ambiente e Social, com pontuações de 69 e 66 respetivamente, muito acima das médias setoriais de 46 pontos em ambas as dimensões, o que traduz as melhores práticas e iniciativas implementadas transversalmente na Organização. Na dimensão de Governance, a NOS alcançou uma pontuação de 53, que compara com uma média do setor de 48.

Incidindo nas dimensões Comportamento da Empresa, Direitos Humanos, Ambiente, Envolvimento com a Comunidade, Governo da Sociedade e Recursos Humanos, esta avaliação de ESG classifica a capacidade de as empresas integrarem fatores de sustentabilidade na sua estratégia e práticas de gestão, com o propósito de promover o crescimento económico, o investimento responsável e a criação de valor a médio e longo prazo.

Objetivos e metas de redução de energia e emissões NOS


Em dezembro, a NOS obteve a aprovação dos seus objetivos de redução das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) pela Science Based Targets initiative (SBTi). As novas metas assumidas pela operadora estão alinhadas com as trajetórias de redução de emissões definidas pela ciência climática como necessárias para limitar o aumento da temperatura global a 1,5º C, objetivo fundamental do Acordo de Paris. Reconhecida internacionalmente, a SBTi avalia e aprova objetivos de redução de base científica assumidos pelo setor empresarial, acelerando, assim, a transição para uma economia de baixo carbono.

A NOS compromete-se a reduzir, até 2030, as suas emissões de âmbito 1 e 2 (emissões associadas à operação própria) em 90%, em relação aos valores de 2019. No mesmo período, a empresa compromete-se também a reduzir as emissões de âmbito 3 (emissões que ocorrem a montante e a jusante, na cadeia de valor) em 30%.


Download PDF

Partilhar