Estudo mostra que a maioria das PMEs já abraçou o online

Estudo mostra que a maioria das PMEs já abraçou o online

A presença online das PMEs torna-se num essencial segundo estudo da Salesforce.

24 de julho 2022

Se a discussão sobre a presença online das PMEs já existia antes da pandemia, a COVID-19 veio demonstrar a sua importância e necessidade. Um dos estudos que comprova a tendência foi apresentado no final do ano passado pela Salesforce, realizado a mais de 2500 PMEs mundiais, 1050 delas europeias, e cujo revelou que 94% das empresas transferiu parte do seu negócio para o online. Neste artigo pode descobrir quais as maiores preocupações e quais os resultados desta mudança.

As principais razões para a mudança online

43% das empresas inquiridas respondeu que a principal razão para a sua transição para o online se deveu à preocupação com a segurança dos clientes. Contudo, este motivo é seguido pelo ir ao encontro do cliente (37%), o proporcionar um local de trabalho mais seguro para a equipa (32%), o aumento da produtividade (30%), e a necessidade de se manter a par da concorrência (29%). Isto demonstra que apesar da pandemia ter alterado o modo de operar das empresas, nem todas as razões se prendem somente com ela.

Por exemplo, um estudo da Mondial Relay demonstrou que 71% dos consumidores portugueses preferem a compra online. Este desejo levou muitas empresas a irem ao encontro do cliente, criando websites com a ajuda de ferramentas profissionais como o NOS Sites Pro, alguns com lojas inseridas para facilitar a compra tanto do cliente habitual, como de outros potenciais clientes que residem em áreas mais distantes, até internacionais.

Outro elemento a ter em conta é o desejo dos Millennials e da Geração Z de alcançar um equilíbrio entre vida pessoal e profissional, algo que torna o trabalho remoto apelativo, sendo essa também uma transição para o online, centrada em ferramentas colaborativas como o Microsoft 365 e o Google Workspace.

As tecnologias mais utilizadas

Durante a adaptação ao online, houve um investimento em tecnologias que permitem comunicar com o cliente e vender produtos. As ferramentas mais utilizadas pelas PMEs em 2021 foram serviços de atendimento ao cliente (como o NOS Central Pro), software de criação de emails (exemplo, o NOS Web Pro), software de e-comércio (encontrado no NOS Sites Pro), ferramentas de colaboração (algumas das mais populares sendo o Microsoft 365 e o Google Workspace), e sistemas de automatização de marketing (como o NOS SMS Pro).

O crescimento do contactless

O contactless é uma tecnologia que, como o nome indica, permite ao usuário pagar por serviços ou produtos sem a necessidade de tocar fisicamente nos terminais de pagamento. Ele encontra-se em aparelhos modernos como o NOS TPA Pro, permitindo pagar passando o cartão por um leitor externo ou através de plataformas como o MB Way, o Apple Pay, o Google Pay, entre outros.

Para manter a sua empresa à frente da concorrência, é preciso adaptar-se ao online. Independentemente de ser apenas através da criação de redes sociais em espaços como o Facebook ou o Instagram, ou através de estratégias como a criação de um website, com loja online, e até a implementação de um regime de trabalho remoto.

Share this

Artigos Relacionados

  • Como criar o website perfeito para o seu negócio

    website

    Como criar o website perfeito para o seu negócio

    Construir um bom website profissional irá trazer-lhe inúmeras vantagens, servindo para angariar novos clientes e para melhorar a comunicação que tem com quem o visita diariamente.

  • Como tornar o seu website mais rápido e responsive

    website

    Como tornar o seu website mais rápido e responsive

    Conheça algumas táticas que o podem ajudar a melhorar o seu website, e tornar a sua presença online mais apelativa.

  • Marketing: Como otimizar o seu website para smartphone

    website

    Marketing: Como otimizar o seu website para smartphone

    Os smartphones continuam a ser a maior fonte de visitas dos websites de todo o mundo, levando à necessidade de optimização da sua plataforma quando se fala de marketing.