NOS e SL Benfica inovam com primeiro estádio 5G em Portugal

Uma parceria entre a NOS e o SL Benfica que vai transformar o futebol, com vantagens para os adeptos, para o clube e para todos os serviços no estádio.

9 de abril de 2021

A bola não entrou? Estava fora de jogo? Foi falta? Estas são apenas três perguntas que qualquer adepto de futebol vai poder deixar de fazer em breve. O estádio do Sport Lisboa e Benfica é o primeiro em Portugal a estar preparado para 5G, numa parceria com a NOS, que vai virar a página no futebol assim que a rede estiver disponível e os jogos voltarem a ter assistência.

Através de antenas 5G em cada pala do recinto, será possível atingir velocidades de internet até 10x mais rápidas, podendo ultrapassar 1 Gbps com o estádio na sua máxima capacidade. Permite aos mais de 65 mil adeptos que o estádio comporta terem informação estatística de jogo em tempo real, enviar e receber vídeos ou fotografias de forma quase instantânea ou fazer videochamadas sem qualquer interrupção.

Antes da pandemia, um jogo do Benfica em casa gerava, em média, mais de 1 Terabyte de dados. Com o 5G este número vai multiplicar-se várias vezes, dependendo da adesão das pessoas à tecnologia. A criação do primeiro estádio 5G garante que a rede da NOS está preparada para suportar o aumento de comunicações que se espera para o futuro.

O 5G abre também a porta a experiências únicas dentro e fora do estádio, como a visualização do jogo a partir de uma das várias câmaras presentes em torno do relvado, ou acesso a estatísticas de cada jogador, passe, remate ou golo. Tudo isto combinado com tecnologias de realidade virtual e aumentada, que tornam esta experiência muito mais imersiva e vibrante.

Vantagens para o clube e para as empresas
Os adeptos e visitantes do Estádio da Luz ganham toda uma nova experiência de jogo com o 5G e são os beneficiários mais diretos da tecnologia, mas não só. A rede 5G traz vantagens para todos os serviços presentes no estádio, como restauração e lojas, sem esquecer os jornalistas e estações televisivas que fazem cobertura de jogos e conferências. A rapidez e o tempo de resposta do 5G irão até possibilitar uma melhor movimentação dos adeptos e uma saída mais ágil e ordenada de pessoas e veículos do estádio.

A rede instalada no estádio utiliza as frequências de teste na banda dos 3,6Ghz, que permite, já hoje, performances superiores a 1Gbps num Smartphone 5G.

velocidade 5g benfica

Resultado de testes de rede efetuados com Smartphone 5G no camarote presidencial do Estádio Sport Lisboa e Benfica.

O 5G também terá um impacto direto no próprio funcionamento do Sport Lisboa e Benfica. Além dos ganhos de eficiência em toda a gestão do dia-a-dia do clube e dos seus vários departamentos, a rede 5G permite melhorar a comunicação entre as equipas técnicas e os jogadores. Estatísticas e análises desportivas, bem como a performance dos jogadores, podem ser conseguidas de forma precisa em tempo real, o que pode ser crítico durante um jogo.

Mesmo à distância - noutro ponto do estádio ou noutro local, como o centro de estágios do Seixal -, quando o 5G estiver disponível, a velocidade de transmissão de dados facilita a comunicação e a coordenação da equipa.

Para os jogadores, muitas vezes longe das famílias, o 5G também melhora a comunicação, ajudando à estabilidade emocional, fulcral para atletas de alto rendimento. E em pouco tempo, com realidade aumentada, vão poder estar junto da família a centenas ou milhares de quilómetros de distância, ou participar em conferências de imprensa e eventos com fãs sem terem de fazer essas deslocações. Para os adeptos poderá vir a significar estarem frente a frente e conhecer os seus ídolos, uma emoção única que só uma tecnologia disruptiva como o 5G permitirá.

Primeira arena digital e inteligente em Portugal
“Este é um marco tecnológico de enorme relevância para a NOS, quer pela construção do nosso caminho de liderança no 5G, quer pela transformação do Estádio do Sport Lisboa e Benfica numa arena desportiva altamente digital e inteligente, única em Portugal”, afirmou Manuel Ramalho Eanes, administrador executivo da NOS, durante a apresentação da parceria, que começou a ser desenhada ainda em 2020. “Queremos ser os primeiros a entregá-lo às pessoas e às empresas, e sendo o futebol um território natural para a tecnologia se desenvolver, faz todo o sentido criar, desde já, todas as condições para que isso aconteça”, continuou Manuel Ramalho Eanes.

" A NOS tornou o Estádio do Sport Lisboa e Benfica “uma arena desportiva altamente digital e inteligente, única em Portugal”. Manuel Ramalho Eanes, administrador executivo da NOS

“Sermos o primeiro estádio 5G em Portugal é motivo de orgulho” afirmou Rui Costa, vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica, durante a apresentação, mostrando-se entusiasmado com este “projeto transformador”. Acredita que a tecnologia 5G vai “aproximar ainda mais o Benfica dos seus sócios, adeptos e simpatizantes. Significa uma experiência melhorada neste estádio, para todos os adeptos e para o Benfica, como organização”.

" “Sermos o primeiro estádio 5G em Portugal é motivo de orgulho”. Rui Costa, vice-presidente do Benfica

No projeto do Estádio da Luz estiveram envolvidas 20 pessoas, da NOS e do Benfica. Ao longo de seis meses, dedicaram 1.000 horas no desenho e implementação da rede. A cobertura das antenas 5G é complementada por sistemas de células 5G em zonas estratégicas do Estádio: Centro de Imprensa, Camarote Presidencial ou Camarote NOS. Na parceria entre a NOS e o Benfica, o 5G é o mobilizador de uma experiência de entretenimento nunca antes vivida. Também no futebol a NOS está a fazer o que ninguém fez.

Futebol é compromisso da NOS "de hoje e de amanhã"
Sendo o futebol uma arena de grandes emoções para os portugueses, “o compromisso da NOS com o futebol já vem de há alguns anos, é de hoje e de amanhã”, lembra Rita Torres Baptista, diretora de Marca e Comunicação da NOS, e o 5G permite agora “fazer o que nunca se fez no futebol”. Rita Torres Baptista detalha que, “por amor à camisola, a NOS liga pessoas, adeptos, treinadores e clubes, potenciando as mais avançadas tecnologias, para entregar a melhor experiência e vivência do futebol.

" O 5G permite fazer o que nunca se fez no futebol". Rita Torres Baptista, diretora de Marca e Comunicação da NOS

“E isto é só o começo do que será um conjunto de iniciativas que juntam a NOS, o 5G, os adeptos, simpatizantes, jogadores, comunicação social e equipas técnicas” continua a responsável de Marca e Comunicação, lembrando no caso do Benfica os “7 anos de parceria tecnológica”.

A NOS pretende virar a página do futebol e do país, e o 5G é o que vai permitir fazer pela primeira vez, tudo o que ninguém fez.

Share this