Bonjardim


Os sabonetes Bonjardim são unicamente feitos de óleo de azeite, respeitando a natureza na sua totalidade: ambiente, pessoas e cultura.

 

Estes produtos de renome nacional são resultado de um aprofundado trabalho de investigação científica, envoltos em papel reciclado que lembra o azulejo português, deixam a sua pele limpa e hidratada.

 

 

O que é/qual é o negócio?

A Bonjardim é uma marca de sabonetes artesanais de azeite aromatizados com óleos essenciais biológicos. Após uma excelente recetividade aos nossos produtos e às suas embalagens, baseadas em padrões de azulejos, a Bonjardim alargou o seu portfólio para outros produtos que valorizam o património português, incluindo postais, livros de postais e folhas para origami.

 

De onde nasceu?

A ideia nasceu de um projeto de investigação e desenvolvimento realizado entre a nossa empresa-mãe, a Castelbel e o ISEP. Esse projeto procurava o desenvolvimento de sabonetes e outros produtos cosméticos à base de matérias-primas portuguesas. Foram investigadas várias matérias-primas entre as quais o azeite. Percebeu-se durante o projeto que sabonetes de azeite são extremamente valorizados por quem tem pele sensível e por turistas que experimentaram esses sabonetes na Grécia, França e em Itália e que procuravam este tipo de produtos. Sendo Portugal um país produtor de azeite, e um país com um turismo crescente, uma das vias exploradas no projeto foi o desenvolvimento de sabonetes 100% de azeite, que foram lançados no mercado pela Bonjardim em Julho de 2015. Estes sabonetes são realmente muito amigos da pele e do ambiente. Utilizam azeite português e são aromatizados com óleos essenciais (naturais) extraídos de diferentes plantas.

 

Missão?

A missão da marca Bonjardim é criar sabonetes de azeite e produtos que sejam valorizados pelos seus utilizadores, respeitando a Natureza no seu todo: o Ambiente, as Pessoas e a Cultura:

- Utilizar ingredientes simples, naturais, de elevada qualidade e sustentáveis.

- Utilizar processos artesanais tradicionais.

- Preservar e partilhar a nossa heritage.

 

Financiamento?

O financiamento inicial para o projeto de Investigação e Desenvolvimento foi do COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade, QREN e União Europeia (FEDER, Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), um projeto QREN de dois anos e meio que terminou em Junho de 2015, e que permitiu desenvolver, entre outros produtos e processos, os sabonetes de azeite: formulações, testes de estabilidade e avaliação sensorial. Depois disso, o financiamento recorreu a capitais próprios da nossa empresa.

 

Promoção?

Nós começámos por apresentar os nossos sabonetes a lojas de que gostávamos particularmente e que achávamos que se identificavam com os nossos produtos, que se destinam a um nicho de mercado de quem procura produtos amigos da pele e amigos do ambiente e que, adicionalmente, utilizam como embalagem padrões de azulejos de fachadas de casas portuguesas, sendo por isso um presente bonito e útil para quem visita o nosso país “levar para casa”. Começámos pela Workshops Pop Up no Porto e pela loja do Museu de Serralves, que nos receberam excepcionalmente e que nos permitiram entrar no mercado. A partir daí fomos sendo contactados por outras lojas, por exemplo a loja do Museu do Oriente, que também vende os nossos produtos. Entretanto A Cidade na Ponta dos Dedos fez um programa sobre os nossos produtos, que também resultou em contactos de outras lojas. Neste momento estamos em vários pontos do país. Também já tivemos encomendas de Londres e do Canadá. Temos o nosso instagram @bonjardim_porto. Entretanto, em Novembro de 2015, lançámos um projeto cultural de georreferenciação de padrões de azulejos de fachadas de casas portuguesas, o Mapping Our Tiles. É um projeto que nos dá imenso trabalho, fora de horas, mas que nos dá um prazer enorme por partilhar e inventariar a beleza dos azulejos de padrão. Este projeto conta com o trabalho de múltiplos colaboradores nacionais e internacionais que apreciam esta forma de arte e de material de construção que é o azulejo de padrão. Toda a gente é convidada a colaborar identificando novos padrões e/ou novas localizações desses padrões, que nós validamos e inserimos nos mapas. Este projeto foi criado e é mantido pelas mesmas cabeças e mãos que criaram e trabalham na Bonjardim!

 

Onde esperam chegar?

É mais a viagem do que o destino, mas o que pretendemos é continuar a fazer coisas bonitas, úteis e que digam um pouco do nosso país, através das matérias-primas, do trabalho artesanal local e de partilha do nosso património.

 

Como lidaram com a incerteza inicial?

Começámos devagar, com ambição mas realismo. Sempre efetuando uma gestão de riscos. Fomos dando passos pequenos e tudo foi, e é, muito pensado e muito trabalhado.

 

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

Tudo é muito pensado e muito trabalhado. Nada é deixado ao acaso. “The devil is in the detail” e há, em tudo, milhares de detalhes! Queremos sempre fazer coisas bonitas e úteis, do nosso ponto de vista. Isso poderá limitar-nos o mercado (o gosto não se discute?!), mas tem uma força fenomenal que é a de nós estarmos 100% atrás do que fazemos. E isso comunica-se e contagia e cativa. O ingrediente secreto é o trabalho e o rigor, que são necessários em tudo o que se faz, seja qual for o negócio ou área de trabalho.

 

O que sugerem a quem começa?

Uma boa ideia (tem sempre que haver quem ache a ideia boa), uma gestão de riscos eficaz, muito trabalho e muita perseverança.

 

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

Muito trabalho, rigor e espírito crítico, SEMPRE! Curiosamente, estes valores são perfeitamente compatíveis com trabalho criativo.

 

 

Mais informações em Bonjardim.pt.

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais