Chippers


A street food marca cada vez mais pontos em Portugal e uma das novas empresas responsáveis pelo reerguimento do conceito de comida ambulante é a Chippers.

 

A ideia partiu de Marta Pereira e João Flores, dois jovens empreendedores com muita vontade de vencer mas pouco desejosos de abandonar o país num pico de crise.

 

Munidos de batatas belgas polvilhadas do melhor sal de Tavira e molhos únicos, a Chippers deixa o desafio: “dip, taste and share”.

 
 
O que é?
A Chippers é um conceito de batatas fritas com molhos exclusivos, on the go. Para molhar e partilhar."Dip, taste and share". É sem dúvida uma nova forma de comer batatas fritas.

 

De onde nasceu?
Foi uma ideia antiga do João, radicada em memórias de infância. Nos anos 90, existia em Lisboa o Mr. Chips, que só vendia batatas fritas. Foi uma marca que marcou pelo menos uma geração e que depois fechou e ninguém mais pegou neste conceito. Para nós, enquanto consumidores, fazia todo o sentido apostar novamente neste tipo de produto. Em Portugal estamos sempre a comer batatas fritas, até com bacalhau...a verdade é que a maioria das batatas não têm nada que as diferencie! Quando pensamos em apostar neste conceito, provamos inúmeras batatas em diferentes sítios e a verdade é que todas elas nos pareceram moles, banais e sem piada. A batata é um produto extremamente nutritivo, que toda a gente gosta e  que é muito pouco valorizado em Portugal de forma individual.

 

Missão?
A nossa principal missão com este conceito é a de reinventar o papel da batata frita. De repente, a batata pode assumir-se como estrela e vestir o papel de snack, competindo diretamente com uma castanha assada, por exemplo! Porque tem a batata de se cingir ao papel de acompanhamento? Ela pode estar com as pessoas quando elas mais querem, marcar momentos e ser encontrada em todo o lado, mesmo ao virar da esquina!

 

Financiamento?
O financiamento é próprio. Uma das boas surpresas foi o facto de não termos tido falta de financiamento nem de pessoas a acreditar no nosso projeto.

 

 

Promoção?
A nossa promoção está a ser feita muito em torno da marca, que acaba por se focar em três vetores essenciais:
- Conceito: Dip, taste and share. Os nossos molhos são muito bons e trazem uma grande mais-valia ao produto. Quem experimenta, volta.
- Marca: Where do you want to be? A Chippers não trata apenas de simples batatas fritas. É uma sensação, uma experiência, uma viagem.
- Produto: Reinventar a batata. É preciso frisar a qualidade do produto.

 

Onde esperam chegar?
Este foi um conceito criado de Portugal para o Mundo. Não nos queremos manter só em Portugal, mas queremos comunicar que isto não é “bom porque é português” mas sim que é “bom e é português”. Não somos "gourmet", nem "a portuguesa", nem "batatas maria". Somos, provavelmente, quem oferece o melhor produto neste segmento de mercado. Temos os melhores molhos (portugueses), a melhor cortiça (material de que é feito o ponto de venda – corticeira Amorim), a melhor flor de sal (Tavira), e as melhores batatas fritas (belgas). Queremos crescer aqui e no mundo, de forma coerente e sustentada.

 

Como lidaram com a incerteza inicial?
Acreditando na certeza futura! A sensação de estarmos rodeados dos melhores deixou-nos muito confortáveis e com a certeza de que o caminho seria por ali. Falámos com o antigo dono do Mr. Chips para validar a ideia de negócio. Fomos ter também com o Chef Nuno Diniz para os melhores conselhos de cozinha. Procurámos arquitetos para garantir um ponto de venda ambulante inovador e contactámos a corticeira Amorim para nos fornecer o material da roulotte. Por fim, procurámos que a marca e a comunicação fosse também algo cuidado e temos a trabalhar conosco um designer e estrategas de marca. A nossa intenção é criar notoriedade através de um conceito com o qual as pessoas se identifiquem, que fique presente e que assente numa love brand.
Nesta fase sabemos que temos um bom produto, que traz valor acrescentado ao mercado e cria diferenciação. Queremos crescer, aprender com os erros, melhorar e estar preparados para a exigência do consumidor. O segredo é acreditar, trabalhar com qualidade e estar sempre um passo à frente no que há de mais inovador.

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?
Ingredientes secretos? Truques na manga? Respondemos a isso com uma só palavra: trabalho! Tudo isto é fruto de muito trabalho, muito empenho e de uma enorme vontade de vencer. Diríamos que somos insuportáveis, picuinhas, exaustivos, persistentes até ao limite. E, além de tudo isto, temos uma preocupação PERMANENTE com o consumidor.

 

O que sugerem a quem começa?
Férias! Porque começar uma empresa envolve uma disponibilidade permanente – todos os dias e a qualquer hora. Sente-se um cansaço imenso e não há margem para parar. Quando pensamos que já estamos no limite, ainda mal começou. Mas é algo que faz parte, porque depois compensa!

 

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?
Executa. No fim do dia uma ideia é só uma ideia. O erro é necessário.


Mais informações em chippers.pt.

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais