5G: Uma tecnologia a favor da sustentabilidade

5G: Uma tecnologia a favor da sustentabilidade

Saiba como a tecnologia 5G pode ajudar o mundo a tornar-se mais sustentável.

7 de agosto 2022

A palavra “sustentabilidade” não lhe deve ser estranha nos dias atuais, numa altura em que a preocupação com o meio ambiente alcançou o seu auge. Este conceito explica o movimento individual e empresarial que tem como objetivo criar processos contínuos que previnam o deterioramento dos recursos naturais e físicos, para que se mantenham pelo futuro próximo e longínquo. Neste luta estão implicadas várias tecnologias, incluindo o 5G, recentemente chegado a território nacional.

O 5G consome menos energia

A tecnologia usada para criar os aparelhos 5G permite que estes consumam menos energia e sejam mais eficientes. Por exemplo, um estudo realizado pela Huawei em 2018 mostrou que metade da energia usada pelas estações de 4G é dirigida para os sistemas de arrefecimento. No que diz respeito às estações de 5G, sistemas de arrefecimento modernos conseguem diminuir este consumo significativamente.

O salvador da agricultura

A agricultura é a indústria que mais sofre com a escassez de água que se tem vindo a sentir nos últimos anos. As tecnologias IoT (Internet of Things) que usam 5g, uma rede mais rápida e abrangente, são capazes de analisar e monitorar os consumos de forma a que os recursos hídricos possam ser aproveitados ao máximo. Por exemplo, sistemas 5G interligados que lhe comuniquem aspectos como a percentagem de humidade do solo, as condições atmosféricas (incluindo pré-avisos de cheia), os níveis de pesticida, e até o número de fugas bem como a sua localização.

Trânsito menos poluente

Alguns estudos como o realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), demonstram que a poluição causada pelos automóveis causam anualmente cerca de três milhões de mortes em todo o mundo. Entre os fatores que mais contribuem para estes números estão o facto de ainda existirem muitos veículos dependentes de energias fósseis, mas também maus hábitos de condução como o acelerar em retas para travar bruscamente após alguns metros, o pára-arranca das horas de ponta, os excessos de velocidade, entre outros. 

Aqui o 5G irá aliar-se aos veículos a energias renováveis. Enquanto os últimos emitem menos CO2 e outros compostos tóxicos para o ser humano (e para o planeta), a IoT com base no 5G irá permitir um maior controlo do trânsito, através de veículos autónomos conectados (sem condutor humano), que adaptam a velocidade e os padrões de movimento consoante a presença de outros carros, e através de sistemas de vigilância (radares e semáforos) que obriguem os condutores a viajar de forma sustentável.

O nascimento das cidades inteligentes

Da mesma forma que o 5G consegue melhorar os sistemas do qual a indústria agrícola depende, também as cidades irão sentir uma melhoria com a chegada de tecnologias IoT com base na quinta geração de rede móvel. Nomeadamente, através de sensores que controlam as luzes das ruas e dos edifícios (aproveitando ao máximo a luz solar), e até que controlam a temperatura da própria cidade (usando dados externos para gerir sistemas de ar condicionado e ventilação).

" Apesar dos seus 90 anos, o Empire State Building é hoje um exemplo do que pode ser uma cidade inteligente.

E este avanço tecnológico não está tão longe quanto pode parecer. Atualmente, o famoso Empire State Building (construído em 1931), possui melhoramentos a vários níveis desde sistemas de controlo de consumo que informam os habitantes sobre os seus gastos, a lâmpadas inteligentes que adaptam a sua luminosidade consoante a luz natural, janelas que permitem o aproveitamento de calor, e atualizações ao nível dos materiais de construção, serviços de limpeza amigos do ambiente, bem como testes regulares para certificação dos processos.

Isto prova que não é preciso esperar pela construção de novos edifícios inteligentes, sendo que os existentes podem ser modernizados e otimizados com o 5G e a sustentabilidade em mente. De igual modo, diversos processos do nosso dia-a-dia podem ser o foco de atualizações e adaptações, de modo a proteger o ambiente.

Share this

Artigos Relacionados

  • 5G: Como o Metaverso usa esta tecnologia para crescer

    metaverso

    5G: Como o Metaverso usa esta tecnologia para crescer

    O metaverso depende de inúmeras tecnologias, incluindo o 5G, oferecendo um serviço de maior qualidade e mais rápido.

  • Metaverso está a mudar a vida das gerações mais velhas

    ciberseguranca

    Metaverso está a mudar a vida das gerações mais velhas

    As vantagens do metaverso são inúmeras e as gerações mais velhas serão das primeiras a beneficiar com elas.

  • Cibersegurança: As ameaças mais populares em 2022

    ciberseguranca

    Cibersegurança: As ameaças mais populares em 2022

    Conhecer as ameaças mais comuns no que diz respeito à cibersegurança irá ajudá-lo a proteger-se a todos os níveis.