Email: As melhores e piores despedidas que pode usar


Depois de iniciar o email da melhor forma e de construir um corpo de texto formal e que procure concretizar todos os seus objetivos, é fácil relaxar na hora de se despedir, pensando que esta se trata mais de uma formalidade do que de outra coisa. No entanto, este último passo pode ser a diferença entre obter uma resposta positiva ou não.


Cumprimentos

Se se trata do primeiro email, idealmente deve usar “com os melhores cumprimentos” pois a sua versão curta transmite alguma distância e indiferença, como se estivesse a enviar cumprimentos somente porque tem de acabar o email e não porque realmente o deseja escrever. “Cumprimentos” pode ser utilizado num segundo ou terceiro email de curta resposta e quando já existe uma relação de confiança prévia.


Obrigada / Muito obrigada

Casual mas formal ao mesmo tempo, esta forma de se despedir deve ser usada se já conhece a entidade a que escreve ou se está realmente a agradecer por um serviço, por um favor, ou até mesmo somente por uma resposta favorável a um email anterior.


Cordialmente

Use esta despedida se está a comunicar com o diretor de uma empresa ou com um cliente que você sabe que faz parte da geração mais antiga de empreendedores pois esta é uma palavra um pouco mais tradicional e atualmente demasiado formal.


Resto de boa semana

Educada, “resto de boa semana” é uma escolha saudável e que demonstra interesse e preocupação pelo outro, contudo, deve preferi-la apenas quando não conta obter uma resposta durante a restante semana, caso contrário, poderá transmitir a sensação de que não irá responder imediatamente ou que deduz que não vai obter uma resposta. Por exemplo, se combinar retomar a conversa na segunda seguinte, pode usar.


Bom fim-de-semana

De modo semelhante, esta é uma forma casual mas profissional de terminar uma mensagem se de facto for quinta ou sexta e souber que a conversa não será retomada até a semana seguinte.


Aguardamos feedback / Ficamos a aguardar feedback

Esta pode ser uma sub-despedida interessante, mostrando a sua vontade de colaborar, mas nunca deve ser uma despedida (adicione um dos outros cumprimentos). Tenha também em mente que a deve usar quando tem à vontade com o receptor pois apesar de profissional, é um pouco informal.


Não usar assinatura

Esta seria a solução para o seu problema, certo? Na realidade irá transmitir a ideia de pressa e de falta de cuidado. Não será encarado como um ato propositado mas como um lapso que demonstra falta de profissionalismo. Por mais simples que seja, termine com uma despedida.


Lembre-se que conforme vai respondendo aos emails deve ir alterando a sua despedida, mostrando que de facto se preocupa com o que está a fazer e que se recorda das conversas anteriores. Com a experiência, será ainda apresentado a outras despedidas que pode adicionar à sua lista, percebendo quais funcionam melhor para o seu objetivo.


OUTROS ARTIGOS:

Como ser introvertido o ajuda a vender mais

Dicas para se demarcar na concorrência


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais