Trabalho Remoto: Os problemas que podem levá-lo a desistir


O trabalho remoto traz inúmeras vantagens, levando vários profissionais a optarem por um escritório em casa ou pelos espaços de coworking - quem sabe, até tornando-se nómada digital. Na maioria dos casos, isto deve-se a jovens startups que procuram reduzir custos ou a empresas que permitem aos funcionários fazê-lo com a condição de que a sua produtividade aumente.


LEIA TAMBÉM: LinkedIn: O que mais atrai candidatos numa oferta de trabalho


Aparentemente fácil, alguns problemas inesperados - ou dos quais se esquece - podem colocar este modo de trabalho em causa, obrigando-o a regressar a um escritório tradicional que não o motiva ou realiza da mesma forma.


Perder a rotina 

Enquanto num escritório sabe que tem de trabalhar durante determinadas horas, em casa é fácil perder esse sentido de horário, acabando por usar o tempo para tratar de outros assuntos (consultas, ir ao ginásio, almoçar com um amigo), terminando o dia a render menos do que suposto. Uma das melhores formas de dar a volta, é criar um plano algo rígido e cronometrar o número de horas que trabalha. 


Falta de canais de comunicação eficazes

Perder o contacto com a chefia e os colegas é fácil quando se trabalha remotamente sem o apoio necessário. Tenha a certeza de que ficam claros quais os canais que deve usar para se manter a par das novidades e das decisões das chefias e dos colegas. Estes canais podem ser os disponibilizados pelo Office 365 (incluindo o OneDrive para conseguir partilhar e editar documentos online) ou podem ser canais informais como os grupos do Whatsapp ou do Messenger.


Isolamento, a falta de trabalhar em equipa

Enquanto algumas pessoas não têm problemas em estar sozinhos, preferindo-o até, outros profissionais sofrem bastante com o isolamento do trabalho remoto, sentindo falta da companhia dos colegas. Este último pode prejudicar a sua saúde mental e, por conseguinte, a sua produtividade. Se sofre com este problema, procure trabalhar em cafés e espaços de coworking, permitindo-lhe ter a presença de outras pessoas e até conviver com elas, servindo como uma boa oportunidade para aumentar a sua rede de networking.


Adoção de hábitos menos saudáveis

Ao não ter de se deslocar para o emprego, é fácil começar a adotar hábitos pouco saudáveis como tornar-se sedentário e comer pratos mais simples e menos nutritivos. É fundamental, portanto, criar uma rotina de exercício físico (uma caminhada, ginásio, equipamento em casa) e uma lista de receitas saudáveis, mesmo que rápidas de preparar.


LEIA TAMBÉM: Razões que o impedem de concretizar as suas resoluções para 2020


Alterar o seu modo de trabalho é mais complexo do que aparenta e é necessário preparar-se de antemão, garantindo que não se prejudica, que não perde produtividade e que não prova à sua chefia que é impossível realizar-se bem o trabalho a partir de casa.


Keywords: Trabalho Remoto, Nómada Digital, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais