VPN: O que é? Como funciona?


Certamente já ouviu falar dos VPN, quer por colegas ou amigos, quer através dos inúmeros anúncios online. No entanto, provavelmente ainda não possui um serviço destes e nem sabe bem do que se trata. Por isso, ajudamo-lo a compreender o que é um VPN, como funciona e quais as principais vantagens.


LEIA TAMBÉM: VPN: Os nomes de referência que deve conhecer (o que escolher)


O que é um VPN?

Um Virtual Private Network (VPN) pode ser traduzido como uma “Rede Privada Virtual” e consiste num serviço online que permite aos usuários transformarem uma ligação pública, numa ligação privada, mantendo-se protegidos de ameaças externas como o roubo de dados sensíveis (passwords, cartões de crédito, informações pessoais) e até espionagem do seu ecrã. 


Como funciona este serviço? 

Depois de instalar o seu VPN fica automaticamente protegido. As empresas fornecedoras deste serviço possuem vários servers espalhados pelo mundo, responsáveis por proteger milhares ou milhões de ligações como a sua. 


Quando você liga o VPN, ele envia os seus dados (aqueles que identificam a sua localização e pontos de acesso) para um desses servers, cujos reenviam os dados de volta. Ao tentar aceder a um website, este receberá a informação de que você se encontra, por exemplo, na Suécia, ligando-se através de outro IP que não o seu. Você fica mascarado e quem tentar ter acesso a si, conseguirá apenas “dados falsos”.


É legal?

Não tem de se preocupar pois a aquisição de um VPN é completamente legalizada em Portugal, à semelhança de países como a Suécia, os Estados Unidos da América, o Reino Unido, a Espanha, a África do Sul, o Japão, e muitos muitos outros. 


Para ter uma ideia, este serviço encontra-se banido somente na Coreia do Norte, no Turquemenistão, no Zimbábue, no Iraque, e na Bielorrússia. Quanto aos países que o permitem mas de forma restrita, estes são a China, o Irão, o Omã, a Rússia, a Turquia, e os Emirados Árabes Unidos. 


Quais as principais vantagens?

Além de serem úteis aos profissionais que trabalham remotamente ou que se encontram em viagem constante, os VPN são também importantes para empresas e pessoas que trabalham em casa pois fornecem um muro de proteção extra, enquanto lhe permitem aceder a websites e a conteúdos de qualquer parte do mundo, mesmo que estes estejam disponíveis apenas no seu país de origem.


Outras regalias que não são óbvias à primeira vista são descontos internacionais (especialmente nas agências de viagens), uma ligação mais rápida, e acesso a websites bloqueados pelo país em que se encontra.


Como o adquiro e ativo? 

Existem vários planos que se adaptam às suas necessidades. Pesquise e analise bem as ofertas e perceba o que se adequa a si. Depois de adquirido, basta instalar o VPN e ligar-se a ele, escolhendo um país específico ou um automático, gerado pelo fornecedor.


Quais os principais fornecedores?

Convidamo-lo a ler o nosso artigo dedicado a este assunto (aqui), mas os grandes nomes desta indústria em expansão são a NordVPN e a ExpressVPN. Adicionalmente, pode conferir junto do seu fornecedor de antivírus pois algumas marcas oferece já soluções de VPN, por exemplo, como é o caso da Panda Security e da Norton Antivirus.


LEIA TAMBÉM: Produtividade: Alterações simples para trabalhar melhor no computador


Keywords: VPN, Virtual Private Network, Panda Security, Norton Antivirus, NordVPN, ExpressVPN, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais