Empreendedorismo

Seis Sigma


Colocando-o de forma bastante simplista, o 6 Sigma é uma estratégia criada pela Motorola que vê na aplicação de métodos estatísticos a processos empresarias uma forma muito eficaz para eliminar defeitos e erros, aumentando assim a eficiência da empresa, reduzindo custos e aumentando a satisfação dos clientes.

 

Apesar de esta ser claramente uma ferramenta orientada para a gestão de qualidade, não significa que seja complexa ou apenas aplicável a grandes empresas. Para utilizá-la é necessário esclarecer os seguintes conceitos:
- Qualidade potencial: valor máximo possível para cada produto/processo;
- Qualidade real: valor atual para cada produto/processo;
- Desperdício: diferença entre qualidade potencial e qualidade real.

 

Os engenheiros da Motorola elaboraram uma escala de avaliação de qualidade de um processo baseado nos resultados dos defeitos que surgiam no mesmo. No topo da escala surge o Seis Sigma, com 3,125 DPMO (defeitos por milhão de oportunidades), ou seja 99,9997% livre de defeitos.

 

No que respeita às anteriores ferramentas:
- Cinco Sigma: 3,233 DPMO, ou 99,98% livre de defeitos;
- Quatro Sigma: 6,21 DPMO, ou 99,4% livre de defeitos;
- Três Sigma: 66,807 DPMO, ou 93,3% livre de defeitos;
- Dois Sigma: 308,538 DPMO, ou 69,1% livre de defeitos;
- Um Sigma: 691,462 DPMO, ou 30,9% livre de defeitos.

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais