Empreendedorismo

Leasing


O Leasing é uma modalidade de financiamento onde, por meio de um contrato, um arrendador aquire um bem solicitado por um cliente para depois o alugar a esse mesmo cliente, por um prazo determinado.

 

Formas de Leasing

Operacional: nesta forma de leasing, o arrendador arca com os custos de manutenção do equipamento, e o arrendatário pode desfazer o contrato de leasing após 90 dias do início do mesmo.

Financeiro: assemelha-se muito a um aluguer, com a adição da possibilidade de devolver ou comprar o bem no final do prazo pré-determinado por um preço estabelecido previamente. Também é possível renovar o contrato de aluguer.

Leasing Back: o arrendatário é proprietário de um bem, mas vende-o ao arrendador. Este depois aluga-o de volta à empresa original. O objetivo é gerar fundo de maneio.

 

Vantagens

Baixos custos a curto-prazo
Com o leasing, adquire as ferramentas/equipamentos que precisa sem pagar o seu custo total inicial. Os pagamentos são regulares e fixos, o que torna a orçamentação mais fácil.

 

Mais crédito
Geralmente é mais fácil conseguir um leasing do que um empréstimo para adquirir novos equipamentos. E, porque não se tratam de empréstimos bancários, as suas linhas de crédito estão livres para outras necessidades.

 

Poupança fiscal
Muitas vezes, os pagamentos do leasing podem ser deduzidos como despesas do negócio.

 

Atualizações facilitadas
Alguns equipamentos como computadores e outros dispositivos envelhecem rapidamente. Quando compra, fica preso à tecnologia ultrapassada passado um ano ou dois. Quando aluga, é possível trocar um equipamento obsoleto pelo modelo mais recente quando o contrato acabar.


Desvantagens

Não há direito de posse
A principal desvantagem do leasing é que nunca possui realmente um equipamento, continuando este a ser propriedade da empresa de origem antes e depois do leasing. Se desejar efetuar uma atualização de equipamento antes de o contrato terminar, tem ainda de pagar os restantes custos do mesmo, ou cancelá-lo, pagando uma taxa extra.

 

Despesas de longo prazo
Apesar de permitir o pagamento de um equipamento “a prestações”, no longo prazo este pode muitas vezes acabar por sair mais caro do que o preço total da sua aquisição (não só paga o equipamento como também os encargos da empresa de leasing).

 

Manutenção
Não obstante não ser o dono do equipamento, continua a ser o responsável pela sua manutenção e arranjos (caso necessário, e em algumas formas de leasing). Algumas empresas de leasing permitem a cobertura destes gastos, acrescentando-se uma soma extra ao valor pago mensalmente pelo aluguer do equipamento.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Leasing ou Renting?

Factoring

 

 

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais