Climber Hotel


 

O que é/qual é o negócio?

Climber Hotel é uma solução inteligente de gestão de preços (Revenue Management) que ajuda hotéis independentes a maximizar a receita através de tarifas dinâmicas, que é melhor que a concorrência porque é 100% automatizada e mais fácil de usar.

 

De onde nasceu?

A ideia inicial nasceu da deteção de um problema em conversa com diversos hoteleiros no âmbito da startup anterior da qual Mário Mouraz foi co-fundador, que era a inexistência de soluções baratas e fáceis de usar de Revenue Management. Atualmente apenas cerca de 3% dos hotéis globalmente tem acesso a soluções de Revenue Management (RMS) devido a estas serem caras ou complexas.  

 

Missão?

Ajudar os hoteis através da disponibilização de uma ferramenta de decisão que converte hotel big data em acções que maximizam a receita e poupam tempo ao hoteleiro. 

 

Financiamento?

€15k investidos em capitais próprios, 3F's (family, friends and fools) e €10k em prémios.

 

Promoção?

Começámos 50 testes pilotos com hotéis em Portugal e no Brasil. A estratégia de aquisição de clientes para os próximos 12 meses inclui: 1)Inside Sales, i.e converter potenciais clientes a inscrever-se para o teste gratuito de 1 mês, envolvê-los com o nosso produto, e posteriormente convertê-los em clientes pagantes. Estamos a investir numa estratégia de criação de conteúdos e social media;  2) Revendedores - empresas de softwares parceiras que que vendem a solução Climber Hotel com base num modelo de partilha de receitas.

 

Onde esperam chegar?

Desde o momento inicial que já nos internacionalizámos. O primeiro passo é conquistar o mercado Europeu, mas a grande oportunidade e a nossa visão é democratizar este tipo de soluções tornando-as acessíveis a todos os hotéis independentes de 3- e 4-estrelas a nível global.

 

 

Como lidaram com a incerteza inicial?

Validámos muito bem o problema e a solução com entrevistas a mais de 1000 hoteleiros, delineámos um plano detalhado de desenvolvimento a 1,5 ano, criámos uma lista de funcionalidades a desenvolver prioritizada por versões a lançar, procurámos advisors e mentores que nos aconselharam e participámos em dois programas de pré-aceleração - Founder Institute e o Discoveries (da Fábrica de Startups) - que nos ajudaram a evitar imensos erros comuns e a validar hipóteses fundamentais para o desenvolvimento da startup.

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

Criámos uma equipa de cofundadores bastante unida que realmente acredita na visão do projecto. Visão é key. Repito, visão é key

 

O que sugerem a quem começa?

Ter uma visão clara para o projecto é key para atrair talento. Ter uma equipa complementar é essencial. Não fazer outsourcing do núcleo dos vossos productos, i.e. se a vossa empresa é tecnológica, arranjem um cofundador que seja developer. 

 

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

"Where there is a will, there is a way", que basicamente significa que não desistir dos nossos sonhos. Criar uma empresa é muito difícil mas há solução para tudo, é preciso é ser-se resiliente e acreditar fortemente na visão da empresa. Outro conselho é "assume as responsabilidades", i.e., se alguma coisa não está bem na empresa a responsabilidade é tua, independentemente do departamento ou da pessoa que possa ter cometido um erro.

 

Mais informações em climberhotel.com.

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e pagamento de impostos

Saber mais