Letra


A Cerveja Letra apresenta-se no mercado como a cerveja artesanal minhota cem por cento natural - veja-se que a cerveja vem na garrafa com a própria levedura. A inovação na receita confere-lhe um caráter único, um sabor mais intenso e, sobretudo, muito mais real. Portanto se é para beber cerveja artesanal...aposte na Letra.

 

 

O que é/qual é o negócio?

O negócio e de produção e comercialização da cerveja artesanal LETRA. Para cada LETRA do abecedário corresponde um estilo de cerveja diferente, com diferentes aromas, sabores. Até ao momento lançamos 6 Letras (a,b,c,d,e,f) e outa edição maturada em casco de Porto com 2 anos de maturação. Temos também um espaço chamado LETRARIA, que é um Brewpub onde os consumidores podem vir à fábrica consumir a cerveja LETRA e acompanhar todo o processo de fabrico da nossa cerveja enquanto jantam ou petiscam.

 

De onde nasceu?

A cerveja LETRA surgiu em 2013, no entanto o projeto de cerveja artesanal surgiu bem antes, em 2010. Eu (Filipe Macieira) e Francisco Pereira eramos colegas no curso de Engenharia Biológica e em 2008, como projetos de final de curso eram dedicados à indústria cervejeira, no meu caso estive 6 meses na Republica Checa, e o Francisco esteve na maior indústria cervejeira nacional. Os nossos projetos eram bem científicos, mas o interesse e o prazer de beber boa cerveja ficou desde aí bem evidente nas nossas personalidades. Passaram 2 anos desde o final do curso, e em 2010, iniciamos a ideia de produzir cervejas premium com elevada qualidade e sem qualquer tipo de aditivos, a nossa proposta de valor era produzir algo de nicho, uma cerveja com ingredientes 100% naturais, uma cerveja real. Dedicamos 3 anos à investigação e desenvolvimento de toda a estratégia, desenvolvemos os nossos equipamentos e as nossas receitas de cerveja, surgiu no mercado em Outubro de 2013 a LETRA-Cerveja Artesanal Minhota.

 

Missão?

Fomentar o conhecimento associado à cerveja artesanal promovendo a experiência de sensorial associada ao consumo da LETRA-Cerveja Artesanal Minhota.

 

Financiamento?

Até ao momento tivemos um apoio Proder, e alguns projetos aprovados no âmbito de Investigação e Desenvolvimento de novos produtos. No entanto a maioria do capital é próprio, onde nunca necessitamos de apoio bancário para alavancar o negócio.

 

Promoção?

Pelo facto da marca ser interativa é fácil perceber a que a cada letra corresponde um estilo diferente de cerveja. E é nessa base que desenvolvemos as nossas campanhas onde fazemos sempre o paralelismo com o aprender a LER é preciso saber as letras de cor e salteado, então para aprender a degustar uma cerveja artesanal também é necessário saber alguns pormenores acerca do processo de fabrico. Sempre investimos bastante na participação em feiras e festivais do setor a nível nacional e internacional.

 

Onde esperam chegar?

Queremos ser uma referencia no setor de cervejas artesanais em Portugal, com lançamento de novas cervejas e edições cada vez mais exclusivas e mais intensas, conseguiremos dessa forma chegar também a outros países, mas mantendo sempre a identidade Minhota que nos carateriza.

 

 

Como lidaram com a incerteza inicial?

Não tivemos incertezas, sempre arriscamos de forma ponderada e com os nossos percursos familiares que nos incentivaram desde inicio fomos treinados a resolver problemas (por isso somos Engenheiros) e até agora sempre conseguimos encontrar a solução para fazermos evoluir o nosso negócio.

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

Profissionalismo e espirito de sacrifício que só se consegue tendo uma equipa de pessoas incríveis que partilham a mesma filosofia dia após dia. O ingrediente secreto é sem dúvida não ter medo de arriscar e nunca ficarmos acomodados e iludidos com o que atingimos, estamos sempre à procura de melhorar uma cerveja, um processo para dessa forma nos posicionarmos no mercado.

 

O que sugerem a quem começa?

Serem persistente e desenvolverem um plano de negócios o mais realista possível, não terem receio de pedir ajuda. Criem o máximo numero de contatos possíveis, nunca se sabe quando vão dar jeito.

 

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

Sinceramente não tenho um conselho melhor para referir, todos os dias estamos a aprender e a ouvir pessoas que nos fazem melhorar dia após dia e que nos fazem crescer, por isso o melhor conselho que posso dar é ouçam o que o mercado tem para dizer e segurem-se porque a aventura ainda nem sequer começou.

 

Mais informações em cervejaletra.pt.

 

 

 

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais