Shipizy


Criada por João Pina Souza – a Shipizy é um portal online que deseja implementar um modelo arrojado de entrega de encomendas aproveitando a “boleia” de quem viaja.


Prática, económica e mais rápida, a Shipizy mantém o lema: “quem transporta ganha e quem envia poupa”.

 

O que é/qual é o negócio?
A Shipizy é uma plataforma web e móvel que aproxima todos os que se deslocam e viajam com quem tem a necessidade de enviar ou trazer alguma coisa de qualquer parte do mundo. Quem transporta ganha e quem envia poupa.

 

 

De onde nasceu?
A ideia nasceu de uma necessidade real que o fundador teve e que a oferta do mercado não solucionava - ou porque era demasiado dispendiosa ou burocrática. Assim surgiu a ideia de um modelo de negócio que mudasse a forma como as pessoas conseguem fazer chegar as suas necessidades a outras pessoas ou lugares, e do mesmo modo conseguir que quem se desloque possa obter alguma vantagem.

 

Missão?
Ser a maior rede social colaborativa, com verdadeiras relações de confiança e assente numa simbiótica partilha de necessidades com benefícios mútuos. Desejamos contribuir para melhorar o ambiente, e sem dúvida democratizar a logística.

 

Financiamento?
Nenhum. Apesar do investimento ter sido apenas suportado pelos promotores da ideia, atualmente estão a procurar parceiros de investimento que se identifiquem com a ambição global da Shipizy.

 

Promoção?
Intimamente ligada à necessidade de gerir de forma inovadora uma comunidade centrada na confiança de todo o processo a Shipizy alcançou uma posição de expetativa e reconhecimento muito interessante mesmo sem budget de marketing.  Em 3 idiomas, a página oficial (www.shipizy.com) já ultrapassou os 1000 pré-subscritores por e-mail  e mais de 1300 no Facebook (www.facebook.com/shipizy.community).
Mesmo sem dinheiro para grandes aventuras, a Shipizy vai levar a cabo nas próximas semanas uma campanha que garante chegar aos quatro cantos do mundo... até lá é segredo!

 

Onde esperam chegar?
Por agora, o objectivo a curto prazo é conseguir chegar ao mercado Europeu, e entrar no Africano (Angola), e América do Sul (Brasil) em termos de comunicação ativa e branding do projeto no final do ano. Em termos comerciais a empresa prevê atingir os 10 000 utilizadores registados no 1º ano só em Portugal, mas aposta em atingir 10x mais se conseguir expandir para os mercados emergentes ao mesmo tempo. Tudo irá depender do investimento alcançado.

 

Como lidaram com a incerteza inicial?
Empreender não é fácil…  é preciso estar preparado para batalhar todos os dias e ser muito persistente, levantar e acreditar. Como é possível imaginar, esta ideia não só se está a meter num dos maiores negócios mundiais, a logística, que além de tradicional e global, levanta muitas questões de segurança... só de pensar nisto sentimos incertezas, mas também se não fosse assim, não tinha piada.

 

 

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?
A equipa.

 

O que sugerem a quem começa?
Primeiro validem as ideias, depois rodeiem-se de pessoas que acreditem tanto ou mais, tenham paixão mas liderança, sejam exigentes convosco, estejam preparados para aceitar que tentar é melhor do que sonhar, e por último divirtam-se em tudo o que fizerem, ou não façam.


Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?
"Não desistas!"

 

Mais informações em shipzy.com.
 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Noções teóricas imprescindíveis para o arranque e gestão do seu negócio​

Saber mais

Agenda

Eventos na área do empreendedorismo

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais