Freelancer: Dicas para quem quer investir neste caminho


Numa altura em que muitos profissionais se veem com as carreiras em stand-by, é natural que pense enveredar pelo caminho de freelancer. Para o ajudar, trazemos algumas dicas essenciais que deve ter em mente, principalmente nos primeiros tempos.


LEIA TAMBÉM: Os pontos principais a incluir no relatório de performance da equipa


Crie uma boa carta de apresentação

Quando envia a sua proposta a um cliente ou quando cria uma conta numa das plataformas de referência (Freelancer, Fiverr, Workana), terá de se apresentar através de uma fotografia, de informação sobre o seu currículo, entre outros dados úteis. Antes de começar à procura de trabalho, deve construir uma boa carta, escrita em português correto e formal (ou outra língua), que impressione quem a lê.


Não aceite tudo o que aparece

Aceitar um trabalho para o qual não se sente preparado pode prejudicar a sua reputação numa altura bastante delicada, assim como a sua confiança. Ainda que as tarefas mais complexas sejam por norma as mais rentáveis, deve iniciar a carreira com projetos que consiga levar a cabo na perfeição, dentro do tempo requerido, e respeitando as regras e necessidades específicas. 


Leia as reviews de clientes e freelancers

Saber a opinião do outro é algo valioso. Por um lado, poderá saber quais os clientes com os quais os freelancers mais gostam de trabalhar. Por outro lado, saberá quais os aspectos que os clientes mais procuram em quem contratam.


Tenha atenção ao método de pagamento

A maioria das plataformas especializadas possuem sistemas verificados que requerem um pré-pagamento que fica suspenso até à entrega do projeto. No entanto, quando não utiliza estes meios, é necessário questionar bem sobre como e quando será feito o pagamento, evitando situações complicadas, ou mal entendidos, para ambas as partes. Existem clientes que pagam por projeto, outros por passo, alguns pagam por Paypal, outros por transferência bancária.


Saiba agarrar projetos sem remuneração

Será difícil encontrar bons clientes, especialmente numa fase inicial, por isso, não tenha receio de enviar propostas de trabalho não remunerado a alguns nos quais tem interesse - outra alternativa é oferecer preços reduzidos ou grandes descontos. Deste modo, poderá mostrar o seu talento e profissionalismo, cativando a atenção do cliente e fazendo com que este queira trabalhar consigo no futuro. Mais importante do que conseguir novos clientes, é saber reter os que já possui, garantindo encomendas regulares.


Não canse ou prejudique o cliente

Contactar o cliente fora de horas - porque você trabalha de madrugada ou porque o cliente está num país com um fuso diferente - é meio caminho andado para não voltar a trabalhar com ele. Ainda que a comunicação seja fundamental, é importante comunicar o menos possível, revelando que consegue angariar toda a informação de que precisa num só e-mail ou num telefonema. Colocar questões constantes irá cansar o cliente.


LEIA TAMBÉM: Como a pandemia irá mudar as empresas e os profissionais para sempre


Começar uma carreira independente pode não ser fácil mas torna-se na solução que muitos profissionais procuram, podendo focar-se na sua área de interesse, expandir os seus conhecimentos, e ter melhor controlo sobre o seu equilíbrio financeiro.


Keywords: Freelancer, Fiverr, Workana, Trabalho Independente, Recibos Verdes, Trabalho Remoto, Nómada Digital, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais