Marketing: Dicas para fotografar os seus produtos


As primeiras impressões contam muito isso não se aplica apenas a pessoas mas também a objetos. Na hora de partilhar o seu produto (nas redes sociais, website e newsletter), é fundamental fotografá-lo de forma profissional e que demonstre o seu melhor, cativando o cliente logo num primeiro olhar. Para o ajudar, trazemos algumas dicas.


LEIA TAMBÉM: Como melhorar o seu atendimento ao cliente e evitar que se torne num pesadelo


Monte o seu miniestúdio

Montar um pequeno estúdio de fotografia não tem de ser uma tarefa dispendiosa. Com cartão, alumínio, papel vegetal e algumas molas pode montar um miniestúdio improvisado, garantindo as melhores condições.


Tenha atenção à luz

Idealmente deve sempre aproveitar a luz natural, procurando tirar fotografias junto de uma janela (ou ao ar livre), verificando que a fonte de luz (o sol) está a bater no objeto e não contra ele. Se a luz natural não for uma opção, procure uma boa lâmpada branca.


Um bom fundo

Um mau fundo pode facilmente criar poluição visual e esconder o seu produto, por isso, tenha extra atenção na hora de escolher o que estará por detrás do produto. Para um look mais casual pode desfocar o fundo de um jardim ou outro lugar sem muitos detalhes contrastantes. Se procurar algo mais profissional (de estúdio), opte por um fundo branco, alcançado com uma folha ou uma cartolina branca.


Produto cuidado

Preocupe-se com a apresentação do produto, não se esquecendo de o limpar de poeiras e impressões digitais, reveladas pela iluminação e resolução fotográfica.


Use um tripé

Fotos tremidas são proibidas na promoção de produtos, sendo que qualquer vibração mínima pode estragar uma excelente imagem. A solução fácil para evitar este tipo de contratempos é usar um tripé que garantirá fotografias estáveis.


Flash é proíbido

O flash cria reflexos inesperados que darão à imagem um ar pouco profissional e cuidado.


Ponto de vista

Uma fotografia tirada de frente nem sempre é a melhor opção. Não tenha medo de inovar: fotografe de cima, foque-se em pormenores, use ângulos, apoie-se em diferentes pontos de vista para dar vida ao produto.


Adereços podem enriquecer fotografia

Alguns casos específicos de produtos beneficiam da utilização de adereços. Se quer fotografar um prato de comida, talvez seja boa ideia enquadrá-lo numa bela mesa de madeira com loiça a condizer e talheres.


Pós-edição

Não se limite a tirar boas fotografias – habitue-se sempre a passá-las por um bom editor (há alguns bons gratuitos online como o PIXLR). Entre várias ferramentas disponibilizadas, pode recortar as imagens, manipular a cor e luz, emendar defeitos e otimizar elementos. Claro, caso não se sinta à vontade com este passo, pode ser preferível deixar as fotografias naturais.


LEIA TAMBÉM: As habilidades mais importantes a ter antes de começar um negócio


Uma boa fotografia está deixar o cliente curioso, oferecendo ainda um ar mais profissional à sua marca. Imagens desfocadas ou cheias de grão são facilmente ignoradas e demonstram alguma falta de cuidado da sua parte. Lembre-se que pode sempre usar o seu telemóvel, desde que garanta boa iluminação, boa posição, e cuidado com o produto.


Keywords: Marketing, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais