Produtividade: Como a chefia pode prejudicar a equipa involuntariamente


Como líder de uma equipa, é natural querer melhorar a sua produtividade e resultados adjacentes, no entanto, é fundamental ter a certeza de que os seus atos não são na verdade contra produtivos, prejudicando os profissionais mesmo que involuntariamente.


LEIA TAMBÉM: Marketing: Essenciais de um website bem adaptado ao mobile


Não perceber os seus maus hábitos

Se repara que determinado membro está a deixar o trabalho prioritário para depois das tarefas que podem esperar, então é altura de o alertar para isso. Nem todos os profissionais sabem orientar e organizar o seu tempo, apresentando resultados menos positivos, especialmente em momentos de grande stress ou pressão.


Guardar a comunicação para o e-mail e as reuniões

Claro que alguns assuntos mais importantes podem ser discutidos apenas via reunião, contudo, nem tudo tem de esperar por essas ocasiões. Ao aguardar dias ou semanas para alertar sobre algo que não está a ser feito corretamente, está a deixar os profissionais dedicarem tempo a uma coisa que não terá valor. Não tenha receio de sair do escritório e de conversar com a equipa, fazendo pequenos ajustes sempre que necessários.


Estar em cima dos profissionais, a chamada micro-gestão

Querer ver todos os passos individuais que um profissional está a dar, chamá-lo ao escritório várias vezes ao dia ou ter diversas reuniões semanais irá ter resultados bastante negativos. Primeiro, está a retirar tempo de trabalho à equipa. Segundo, está a transmitir a ideia de que não confia no seu empenho e conhecimento. 


Falta de capacidade de atenção aos detalhes

O cargo de chefia inclui várias responsabilidades e uma delas é garantir o bem estar dos profissionais. Um escritório barulhento, pouca higiene, falta de bens essenciais como canetas ou papel de impressão, computadores avariados, softwares desatualizados, e maus odores, são alguns dos problemas que deve manter sob controlo. Deste modo, garante que a equipa permanece concentrada e motivada.


Criticar sem oferecer alternativas

Apontar que algo foi mal realizado sem oferecer alternativas ou soluções não irá ajudar ninguém. O profissional volta à estaca zero sem saber como prosseguir, pois se executa determinada tarefa daquela forma foi porque acreditou ser o melhor ou único caminho.. O ideal é oferecer ajuda, disponibilizar-se para ensinar o membro ou pedir a um sénior que o auxilie durante algum tempo. Assim, o profissional irá sentir-se apoiado e conseguir ser mais produtivo.


LEIA TAMBÉM: Plano de Negócios: Essenciais a considerar na hora de o atualizar em 2020


Esta é uma posição delicada que inclui bastante responsabilidade e é preciso atenção aos pequenos detalhes que podem passar despercebidos. Compreenda os vícios da equipa, ajude-a nos momentos complicados, e lute pelo seu crescimento pessoal e profissional.


Keywords: Chefia, Produtividade, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais